Hora 1 ganha mais tempo e passa a ter duas horas de duração na Globo

Publicado há 3 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Globo anunciou na noite desta sexta-feira (6) que o telejornal Hora 1 da Notícia, apresentado por Monalisa Perrone, ganhará mais tempo no ar pela emissora.

Conforme afirmou o canal, a partir do dia 13 de agosto, o Hora 1 vai entrar às 4h. Com isso, ele ficará duas horas no ar a partir de então.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Repórter da Globo revela ter namorado belga e desabafa na web: “Triste mundo”

Entretanto, vale ressaltar que a Globo terá jornalismo ao vivo das 4h às 8h50 a partir de agora, um recorde se tratando da faixa matinal da emissora.

Relembrando, o Hora 1 começou em 2014 para combater o jornalismo do SBT, que na faixa estava atingindo a liderança de Ibope na ocasião para o canal de Silvio Santos.

Todavia, assim que entrou no ar, o Hora 1 recuperou o posto. O grande porém acontece desde o ano passado. Desde que começou a ter notícias durante toda a madrugada, o SBT vencia na faixa das 4h e 5h.

Novamente, a Globo usa o Hora 1 para deter um concorrente forte na faixa. Além disso, vai aumentando o uso de seu jornalismo com um produto bem aceito.

Veja também

Lázaro Ramos responde se Lazinho com Você saiu do ar por causa da audiência

Eliminação do Brasil da Copa do Mundo atinge pico de 56 pontos para a Globo

Hora 1 tem boa audiência no início das manhãs

Atualmente, a média do Hora 1 é na casa dos 6 pontos de Ibope na Grande São Paulo, um índice excelente para o horário.

Entretanto, o resultado ajuda a Globo a bater recordes na faixa matinal. O Bom Dia São Paulo, por exemplo, tem conseguido Ibope na casa dos 8 pontos.

Além disso, Monalisa Perrone está crescendo na emissora. Ela entrou no rodízio de fim de semana do Jornal Nacional após assumir o telejornal.

Recentemente, vale também lembrar, a Globo anunciou que também terá um jornal local aos sábados, às 6h. É a segunda grande mudança do jornalismo em menos de uma semana.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio