Henri Pagnoncelli relata ataque na rua por causa de Laços de Família

Público era contra atitudes de personagem carrasco

Publicado há 2 meses
Por Daniel Neblina
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com  a reexibição de Laços de Família, no Vale a Pena Ver de Novo, o público tem a oportunidade de rever Henri Pagnoncelli na pele do mau-caráter Orlando. Em conversa com a colunista Patrícia Kogut, do Jornal O Globo, o ator contou que era repreendido na rua na época da exibição original. 

As pessoas procuravam o artista para pedir que ele não maltratasse a personagem Capitu, vivida por Giovanna Antonelli. “Eu estava em Búzios com a minha mulher (a autora Teresa Frota) e ela entrou numa loja, enquanto eu fiquei no calçadão com o meu sogro”, relembrou ele, que continuou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Sem mais nem menos, apareceu uma senhora e colocou o dedo na minha cara gritando: ‘Por que você faz isso com a moça? Para de fazer isso’. Eu tentei conversar e ela não se acalmava. Acabei entrando na loja e me escondi dentro de um dos provadores (risos). Na hora foi uma situação tensa, mas depois encarei até mesmo como um elogio ao meu trabalho”, completou.

“Lembro-me de duas cenas que deram muito trabalho e foram realizadoras: aquela em que o Orlando arrasta a Capitu do alto do prédio dela até a rua, com os vizinhos olhando chocados, e outra em que ela enfia uma faca na mão dele num restaurante”, recordou Henri Pagnoncelli.

Recentemente o ator Zé Victor Castiel, o Viriato de Laços de Família, foi tema de um vídeo do canal do Observatório da TV no YouTube. Confira:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio