Henri Castelli fala ao Fantástico sobre agressão que sofreu: “Tem risco de sequelas”

Ator falou com a repórter Renata Ceribelli

Publicado há uma hora
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A agressão sofrida pelo ator Henri Castelli no Estado do Alagoas, às vésperas do Reveillon, foi tema de uma matéria na edição de hoje (domingo, 17) do Fantástico. O protagonista de Flor do Caribe deu sua versão dos fatos ocorridos no dia 29 de dezembro de 2020.

Foram cinco segundos, foi tudo muito rápido. Eu estou fazendo terapia pra tentar me acalmar. Ao acordar de madrugada, encostar no travesseiro, parece que alguém te deu um soco. Tem risco de ter sequela quando desinchar, daqui a 30 dias“, declarou, aos prantos, em entrevista (remota) à repórter Renata Ceribelli.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com lesões graves na mandíbula em decorrência da violência que sofreu, Henri teve de se submeter a uma cirurgia no dia 8 de janeiro. Ele afirmou não se recordar com exatidão do momento em que foi agredido, negando também que estivesse bêbado ou que tenha incitado a confusão. “Só me lembro de levar socos e chutes“, explicou.

Podemos afirmar que foram duas pessoas. Já temos dois suspeitos, que serão indiciados por lesão corporal grave. Nos próximos dias vamos encaminhar para o Ministério Público“, afirmou ao programa global o delegado Fabrício Nascimento, responsável pelo caso.

O empresário Bernardo Malta e o lutador de jiu-jítsu Guilherme Aciolly são apontados como os agressores de Castelli na ocasião. O advogado dos dois suspeitos, Lucas Dória, também falou ao Fantástico.

Nunca jamais existiu alguém com intenção de machucar o ator. Ele tentou dar um soco, e o Guilherme, para se defender, revidou. O Henri estava alterado, não sei se ele bebeu“, afirmou.

Eu não fiz nada para que essa selvageria desmedida acontecesse comigo! Eu não tenho raiva, eu perdoo. O que eu quero agora é voltar a trabalhar, que meu rosto volte a ficar normal, se Deus quiser“, concluiu o ator de 42 anos, novamente muito emocionado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio