Hanna Romanazzi fala sobre personagem sequestrada em nova série: “Minhas cenas foram complicadas”

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Hanna Romanazzi estará de volta à TV depois de dar vida à prostituta Gironda em Liberdade Liberdade (2016). A jovem atriz estará na série A Divisão, que estreará no Multishow após o lançamento do filme homônimo. O enredo da trama, mostrará a criação da Divisão Antissequestros da Polícia.

“Terminamos de gravar o longa recentemente e, depois que ele estrear nos cinemas, vai virar série. Foi um processo muito intenso, em especial porque as minhas cenas foram complicadas. Para me preparar, conversei com pessoas que passaram por isso. É uma situação difícil, não é um relato fácil de ouvir. Fiquei mexida. Falei com uma pessoa que foi mantida refém por cinco dias no Vidigal. Foi bem traumático para ela. Imagina ficar 70 dias presa?”, contou ela a Patrícia Kogut revelando que sua personagem será sequestrada e passará 70 dias em cativeiro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Irregular, Brasil a Bordo tem ótimo elenco, mas derrapa em piadas surradas

Com os cabelos curtos devido à personagem, ela revela que adorou o resultado: ” Foi para o trabalho, mas eu gostei bastante. No começo, achei um pouco estranho, porque eu nunca tive cabelo curto, mas rapidamente acostumei. Foi ótimo ter rolado esse motivo, porque, se não fosse isso, acho que não teria coragem.”

A atriz ainda fez uma boa ação ao cortar o cabelo, e doou os fios para uma associação que produz perucas para pessoas em tratamento contra o câncer: “Quando soube que cortaria o cabelo, já tive essa ideia. É um projeto bem legal, uma maneira de ajudar as pessoas que estão passando por essa fase difícil a resgatar a autoestima”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio