Há sete anos, Hebe Camargo deixava o SBT

Publicado em 27/12/2017

No dia 27 de dezembro de 2010, o SBT exibia pela última vez o programa Hebe. A atração de Hebe Camargo fez história na televisão brasileira, tendo sido exibida também na Record,  Tupi, Band e RedeTV!, mas foi no canal de Silvio Santos que a apresentadora realmente marcou uma época. Hebe foi exibido pelo SBT entre 1986 e 2010, tornando-se um dos principais e mais longevos programas do canal.

O programa Hebe nasceu em 1966, na antiga Record. Em 1974, a apresentadora migrou para a Rede Tupi, onde ficou por pouco tempo, até 1975. Logo, Hebe chegou à Rede Bandeirantes, onde foi exibido até 1986, quando a apresentadora recebe o convite de Silvio Santos para integrar o time do recém-inaugurado SBT.

Ali, Hebe Camargo teve uma passagem marcante. O programa Hebe chegou a ser exibido nas noites de terça-feira e sábado, mas foi nas noites de segunda-feira que a atração realmente fez história. Em formato de talk show, a atração era caracterizada pelo sofá instalado bem no meio do palco, onde a apresentadora recebia seus convidados para conversas descontraídas. Pelo sofá de Hebe, passaram famosos artistas, políticos e personalidades internacionais.

Hebe também era adepta de discursos engajados, e em todo programa costumava tecer opiniões sobre os mais variados assuntos para o espectador. Além disso, também era conhecida pelos seus bordões, sobretudo quando chamava seus convidados de “gracinha”, ou dizia que algo ou alguém era “lindo de viver”. Nos últimos anos do programa, consagrou o “selinho”, recebendo seus convidados com inocentes bitocas na boca.

Em boa parte de sua história no SBT, o programa Hebe registrava ótimos índices de audiência, sempre figurando entre os programas mais vistos da emissora. No entanto, a partir do ano de 2006, a atração entrou numa espécie de “inferno astral”, e sua audiência caiu. A má fase começou quando Silvio Santos, sem mais nem menos, mudou a atração das segundas-feiras para os sábados. No novo dia, Hebe despencou. Mesmo assim, o programa ficou ali por alguns meses, até voltar para a noite de segunda, mas nunca mais foi o mesmo depois disso.

Além disso, Hebe sofria com a inconstância da grade de programação da emissora, que empurrava a linha de shows para cada vez mais tarde. Entrando após às 23 horas, Hebe passou a reclamar publicamente de seu horário, afirmando que seus espectadores dormiam cedo. Numa das reclamações foi atendida, e o SBT criou uma nova linha de shows na faixa das 20h15, chamada de SBT Show, que foi lançada com o slogan “a Hebe reclamou e o SBT mudou”. Mas o novo horário também não refrescou a situação do programa, que, ainda por cima, perdeu tempo de arte, ficando com cerca de 40 minutos, o que deixou a apresentadora mais insatisfeita. Ainda por cima, em sua última negociação de contrato, o SBT propôs à artista uma redução de seu salário. Foi a gota d’água para que Hebe deixasse de vez o canal, assinando com a RedeTV! em seguida.

Assim, no programa Hebe exibido no dia 27 de dezembro de 2010, a apresentadora tocou sua atração normalmente, mas, no final, fez uma bela despedida ao público. Disse estar encerrando um ciclo, que havia sido muito feliz no SBT, mas que era hora de mudar. Emocionada, se despediu da casa que a acolheu por mais de 24 anos. No ano seguinte, Hebe estreou na RedeTV!, onde foi exibido entre março de 2011 até meados de 2012. Depois disso, a apresentadora rompeu com a emissora e assinou um novo contrato com o SBT. Mas faleceu em 29 de setembro de 2012, sem conseguir reestrear no canal.

Leia também:

Há 15 anos, SBT reunia seu elenco no especial SBT Palace Hotel

Relembre a despedida de Hebe Camargo do SBT: