Há 16 anos sem sair do ar, Eliana fala em representatividade: “Vivemos em um país machista”

A loira começou na televisão em 1991

Publicado em 27/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 2021, Eliana celebra três décadas de carreira, 16 anos no ar ininterruptamente e 12 à frente de seu programa no SBT. Para comemorar de forma justa, a loira comandará uma festa no Programa da Eliana deste domingo (29).

Feliz da vida, a apresentadora celebra o fato de conseguir um feito histórico mesmo diante de tantas dificuldades: se manter em uma atração aos domingos, o dia mais disputado da TV.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Vivemos em um país machista, patriarcal, em que a valorização da carreira feminina ainda está aquém da masculina. Fico lisonjeada por realizar o ofício que escolhi. Tenho orgulho de minhas conquistas pois só eu sei dos meus tombos e tropeços e de como conduzi todas essas fases com equilíbrio e dignidade”, coloca a comunicadora em entrevista a Zean Bravo.

Vendo um filme passar em sua cabeça ao lembrar do início de sua jornada nas telinhas, com o infantil Festolândia, exatamente em 1991, Eliana conta como foi gravar uma edição do dominical com Xuxa e Angélica. Ela e as duas sempre foram vistas pelo público como rivais.

“Hoje, mais do que nunca, sabemos que se as mulheres se apoiarem, elas serão mais fortes. Creio que deste pensamento surgiu a ideia dos encontros que foram ficando cada vez mais divertidos, reveladores e leves. Depois de tantos anos só admirando o lado profissional umas das outras, agora, mais próximas, aprendemos a admirar as mulheres que nos tornamos”, declara a apresentadora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio