Guilherme Fontes relembra no Encontro o Alexandre de A Viagem e declara: “Devia ser refeito”

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar como o Norberto de Órfãos da Terra, trama das 18h de Duca Rachid e Thelma Guedes, Guilherme Fontes participou nesta quinta-feira (30) do Encontro com Fátima Bernardes e o formato relembrou o Alexandre de A Viagem (1994).

“[A novela] repetiu
umas quatro vezes. Até hoje em ando na rua, todos os dias, não há como eu sair
na rua e não ser chamado de Alexandre. Um personagem incrível e que está muito
próximo dos brasileiros, tem muita gente espírita”, disse o famoso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Miguel Falabella, que
atuou com o astro no folhetim, enviou um depoimento. “Nosso encontro foi muito
bonito. A gente fazia cenas lindas na novela antes de o personagem morrer.
Sempre que vejo reprises de A Viagem, meu coração sorri”, declarou o
artista. Antonio Fagundes também se manifestou.

“Que novela deliciosa.
Foi através dela que entrei em contato com a doutrina espírita, é uma coisa
muito bonita. Guilherme fazendo um vilão além vida. Lembro de uma coisa
bastante engraçada, que era a única novela que o público torcia pra mocinha
morrer, porque acabava encontrando o Otávio no céu”, recordou o astro.

“Esse personagem é
incrível. Eu tenho dito que ele devia ser refeito. Eu já penso há algum tempo
em vários atores que estão por aí. Daria um ótimo filme, um especial ou alguma
coisa. A fascinação sobre o personagem ficou muito grande”, declarou Fontes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais