Governo federal ‘proíbe’ Chiquititas para menores de 12 anos

Manuela do Monte e Guilherme Boury são os protagonistas

Publicado em 12/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Ministério de Justiça anda mais atento do que nunca à programação do SBT. Após determinar a reclassificação etária do seriado As Aventuras de Rin-Tin-Tin, o órgão ligado ao governo federal adotou uma medida similar com relação a Chiquititas, novela infantil em reprise pelo canal desde julho de 2020.

A decisão foi publicada na edição de ontem (terça-feira, 10) do Diário Oficial da União (DOU) e estabelece que o folhetim protagonizado por Manuela do Monte e Guilherme Boury vá ao ar sob o selo de “não recomendada para menores de 12 anos”. O SBT tem cinco dias para aderir à nova regra.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na visão do MJ, a atração apresenta “conteúdo inadequado para criança ou adolescente”, como situações de violência e de exposição ao perigo, agressão verbal, lesão corporal, consumo de drogas lícitas e até presença de sangue.

Até então, Chiquititas era exibida como livre para todos os públicos. A mesma classificação fora mantida ao longo das duas exibições anteriores do programa, também no horário nobre. A primeira ocorreu de julho de 2013 a agosto de 2015, e a segunda, entre setembro de 2016 a janeiro de 2019.

Não é a primeira vez que uma produção do SBT voltada ao público infantil recebe restrição etária do Ministério da Justiça. Em novembro de 2018, As Aventuras de Poliana foi reclassificada para menores de 10 anos, sob alegação de que continha “linguagem imprópria e violência”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio