Governo de Jair Bolsonaro põe EBC, dona da TV Brasil, ‘à venda’

Decreto cria comitê para discutir caminhos para a empresa pública

Publicado há 5 meses
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O presidente da República, Jair Bolsonaro, incluiu a EBC, que tem entre suas empresas a TV Brasil, a maior emissora pública do país, no plano de privatizações. A inclusão ocorreu por meio de um decreto assinado nesta quarta-feira (20). Com isso, o governo pretende passar o controle de toda – ou parte da – estrutura da Empresa Brasileira de Comunicação para o setor privado.

O texto do decreto explica que o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) pode ser chamado para que realize estudos a fim de possibilitar “alternativas de parceria com a iniciativa privada e propor ganhos de eficiência e resultados para a empresa, com vistas a garantir a sua sustentabilidade econômico-financeira”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, a ordem do governo é de que seja criado um comitê interministerial para uma reunião a cada 15 dias, com um prazo de 180 dias, prorrogável por mais 180, para a conclusão dos trabalhos.

A EBC foi criada no Governo Lula, em 2007, com o intuito de expandir a comunicação pública aos brasileiros. A empresa comporta Agência Brasil e emissoras de rádio em todo o território nacional. A TV Brasil, por exemplo, é o centro maior de insatisfação, por não registrar altos números de audiência, apesar de um orçamento milionário.

Para saber mais sobre essa polêmica envolvendo a TV pública, assista ao vídeo abaixo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais