Globoplay comemora crescimento, mas ainda perde para Netflix

Plataforma tem a vitrine da Globo, que costuma oferecer degustação de suas séries

Publicado há 6 meses
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Grupo Globo comemora o crescimento expressivo de sua plataforma de streaming, o Globoplay. Considerando os primeiros três meses de 2020, o aumento de novas assinaturas foi de 124% quando se compara ao primeiro trimestre de 2019. De acordo com a colunista Patrícia Kogut, é um dos serviços que mais destacaram no mundo.

No entanto, no Brasil, segue em segundo lugar, perdendo para a Netflix. Diferentemente do serviço americano, o Globoplay tem a vitrine da Globo, que costuma exibir de graça, em sinal aberto da TV, uma degustação de alguns de seus produtos. O objetivo é fazer o telespectador assinar o serviço para continuar vendo a série.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além de reunir toda a programação da Globo, inclusive as novelas da TV, o Globoplay possui séries originais, assim como a concorrente. E, de fato, produz muito mais conteúdo nacional do que a Netflix. No entanto, ainda não conseguiu, sem a ajuda da emissora aberta, um hit, capaz de chamar a atenção do país inteiro.

Elenco da série Ilha de Ferro (Reprodução/Globoplay).

Para comparar, a Netflix, por exemplo, conseguiu fazer isso com produtos internacionais, como Stranger Things, La Casa de Papel e até mesmo a série nacional Sintonia. Dos produtos nacionais do Globoplay, ainda não se viu nada com esse potencial, apesar das tentativas frustrada como Ilha de Ferro, por exemplo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais