Globo sai em defesa de ‘edições especiais’ de suas novelas: “Trabalho sério”

Emissora enalteceu trabalho dos profissionais de edição

Publicado há um mês
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Globo solicitou espaço na coluna do jornalista Flávio Ricco, do portal R7, para rebater as críticas que vem sofrendo pelos cortes que suas novelas vêm sofrendo nas chamadas ‘edições especiais’ – escaladas para cobrir o buraco de tramas inéditas em tempos de coronavírus.

A emissora carioca destacou que a equipe responsável por reeditar os folhetins “faz isso há mais de 40 anos, num trabalho sério e minucioso. As edições são feitas com a participação dos autores e de maneira customizada, pois cada novela é uma novela e precisa de uma adaptação específica.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Adaptações que, a assessoria do canal endossa, não se restringem à mera redução das obras. “No caso de Haja Coração, por exemplo, a novela foi ao ar originalmente com 2 breaks e 3 blocos e está sendo exibida agora com 3 breaks e 4 blocos para se adequar à grade com o horário eleitoral gratuito“, detalha.

A colocação da Globo veio em resposta a uma matéria publicada na última segunda-feira (19) pelo mesmo Ricco, dando voz à queixa de profissionais envolvidos nas novelas Haja Coração e A Força do Querer a respeito da forma como a reedição dessas obras vem sendo feita.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais