Globo Repórter refaz o caminho da lama na tragédia de Mariana

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), maior desastre ambiental da história do país, completa dois anos no início de novembro. O ‘Globo Repórter’ desta sexta-feira, dia 27, refaz o caminho da lama para mostrar como estão atualmente a natureza da região e o Rio Doce; o que sobrou dos distritos de Bento Ribeiro e Paracatu de Baixo; a insegurança sobre o que pode acontecer com pessoas e animais que tiveram contato com a lama contaminada por metais; a situação das famílias que perderam tudo e ainda esperam por providências; e a determinação de quem está dando a volta por cima.

Leia também: Volta do Vídeo Game é uma boa notícia, mas Angélica merece um novo programa

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Enquanto os turistas voltam a visitar a histórica cidade de Mariana, o meio ambiente segue ameaçado e os moradores, desconfiados, usam água mineral até para cozinhar. Sandra, a mulher que salvou a filha e os vizinhos da tragédia, encontrou no trabalho forças para seguir em frente. A empresária Luciana não desiste de retomar o ecoturismo na praia de Regência. E, em busca de justiça, há quem siga documentando tudo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio