Globo Repórter: O renascimento no pantanal argentino

Publicado há 2 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conhecida como “pantanal argentino”, Esteiros do Iberá, localizada no coração da província de Corrientes, sofreu durante anos com a ação do homem. Nesta sexta-feira, dia 20, o Globo Repórter desembarca na Argentina para contar a história de renascimento da região de 13 milhões de hectares. Uma mistura pântanos, lagos e cursos d’água, que hoje abriga uma reserva natural com diversas espécies de animais.

A repórter Giovana Teles passou 18 dias no local para acompanhar o trabalho de recuperação feito pelo Projeto The Conservation Land Trust. “Entre as ações realizadas, está o mapeamento de espécies que sumiram da área. Seja por alterações do ecossistema ou pela caça. A arara vermelha e a onça pintada, por exemplo, são espécies que não existiam mais na Argentina. As araras precisaram passar por um treinamento para desenvolver a musculatura das asas”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Bruno Gissoni dedica poema a filha Madalena e emociona web

“O desafio com as onças pintadas foi ainda maior. Ameaçadas de extinção em toda América do Sul, há mais de 70 anos não havia uma na região. Cinco onças foram doadas com o objetivo de procriar. Para que os filhotes fossem soltos na natureza, e nós acompanhamos esse treinamento. Elas não sabem caçar, precisam aprender a ser selvagens novamente”, explica Giovana. O Globo Repórter vai ao ar na noite de sexta-feira, dia 20, depois da novela ‘Segundo Sol’.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio