Globo Repórter mostra impactos do coronavírus no mundo

Programa mostra como a pandemia impactou importantes cidade no mundo

Publicado há 6 meses
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quais os impactos da pandemia de coronavírus na rotina de grandes cidades? Para fazer essa análise, o Globo Repórter desta sexta-feira (27), escalou um time de repórteres no Brasil e no exterior: Carlos Gil, no Japão; Felipe Santana, nos Estados Unidos; Ilze Scamparini, na Itália; Pedro Vedova, na Inglaterra; Bette Lucchese e Edney Silvestre, no Rio de Janeiro; e Neide Duarte, em São Paulo. Eles mostram a jornada de trabalhadores, estabelecimentos e famílias confinadas, e a vida de brasileiros em outros países, como China, Coréia, Dinamarca e Irã.  

Direto do país com o maior
número de mortes da pandemia, Ilze Scamparini mostra uma Itália isolada e o
diário do confinamento: o que sentem as pessoas que passam semanas sem sair de
casa? Do outro lado do mundo, as escolas estão fechadas, mas Tóquio continua em
movimento.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carlos Gil conta como está a vida em casa com a família e traz detalhes da maior metrópole do planeta.

“Apesar de não ser obrigatório o isolamento social, as escolas estão fechadas e há uma recomendação para evitar aglomerações ou ficar circulando muito na rua. Eu, minha esposa e meus filhos estamos em casa muito mais tempo do que o comum. Isso gera desafios, como ajudar as crianças nas tarefas escolares e domésticas”, explica Gil.

Ele também conversou por aplicativo de mensagens com a brasileira Tamar que, infectada pelo vírus, ficou em quarentena em uma cidade no Sul de Israel: “O que ela passa é uma mensagem incrível de força. Foi uma entrevista que mexeu comigo e agregou muito ao programa”.

O Globo Repórter vai ao ar nesta sexta-feira (27), depois do BBB20.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais