Globo Repórter desbrava os manguezais brasileiros

Repórteres encaram trilhas do Amapá até Santa Catarina

Publicado em 17/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta sexta-feira (20), o Globo Repórter embarca em um desafio diferente: desbravar os manguezais brasileiros entre o mar, os rios e a terra firme. Do Amapá até Santa Catarina, os repórteres Bette Lucchese, Fabiano Villela, Beatriz Castro e Janaina Lepri pisam em lama e encaram trilhas tortuosas para entender de que maneira todo esse ambiente pode interferir no avanço das mudanças climáticas no Brasil e no mundo.

No Rio de Janeiro, Bette Lucchese vai até uma reserva biológica que, apesar de toda a poluição e o esgoto sem tratamento, resiste no meio da cidade. A equipe acompanha pesquisadores em busca do misterioso peixe das nuvens e de espécies importantes para o controle da população de mosquitos que transmitem doenças como a dengue.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Pisar e afundar na lama, sentir a energia dessas florestas foram marcantes. Me emocionou muito entrevistar pesquisadores, como o biólogo Mario Moscatelli, que dão tudo de si para impedir a destruição de algo tão precioso. Acho que muita gente vai se surpreender com os manguezais do Brasil. Vamos ajudar a desmistificá-lo, mostrando a força e a beleza desse ecossistema”, revela a repórter, que também conhece uma floresta às margens da Baia de Guanabara que está sendo replantada e cuidada há oito anos.

No litoral sul de São Paulo, a repórter Janaina Lepri enfrenta o tempo das marés para ver de perto os botos e as aves que voam por lá, como o guará-vermelho.

“O mais marcante foi descobrir a quantidade de vida que existe nos manguezais. Esse bioma fronteiriço entre terra e mar, quando preservado, equilibra toda a fauna da floresta alagada. Foi incrível ver os botos a todo momento pescando no estuário de Cananéia e a variedade de espécies de pássaros. Em especial, o guará-vermelho, uma joia do manguezal”, diz Janaina.

Também no Globo Repórter desta semana, Beatriz Castro explora Recife, cidade que cresceu sobre manguezais, e, em Alagoas, repórter e equipe são guiadas pelo peixe-boi, que mostra que é ali o berçário de grandes e pequenos animais. Já Fabiano Villela vai para a Amazônia para percorrer um importante trecho da maior faixa contínua de manguezal do mundo.

O Globo Repórter vai ao ar na noite de sexta-feira (20), logo após a novela Império. A GloboNews exibe o programa da semana aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 17h.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio