Globo News desmente falsa notícia e homem que atropelou populares em Copacabana não é funcionário do canal

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No início da noite desta sexta-feira (19), a Globo News desmentiu a notícia de que Antônio de Almeida Anaquim, de 41 anos, não é funcionário da Globo atualmente e nem nunca foi historicamente.

Antônio é o autor do atropelamento de 18 pessoas na praia de Copacabana, fato que aconteceu nesta quinta-feira (18). Desgovernado, o carro de Antônio invadiu o calçadão de Copacabana e passou por cima de várias pessoas. Um bebê de oito meses faleceu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Globo News deve definir data de estreia de Heraldo Pereira no comando de jornal

A emissora desmentiu uma falsa notícia que circulou nas redes sociais nesta sexta, que dizia que Antônio trabalhou na emissora. Junto com tal notícia, vinham fotos de Antônio no estúdio da Globo News.

De fato, Antônio tirou as fotos no estúdio da Globo News, mas elas são frutos de uma visita feita no canal em 2015. Segundo o próprio acusado, ele foi à Globo visitar um amigo que trabalhava por lá chamado Luciano.

Durante todo o dia, apresentadores da Globo News negaram as informações nas suas redes sociais. Foi o caso de Murilo Salviano e Leilane Neubarth. A segunda, âncora do Edição das 18h, foi bem enfática.

“Estamos falando do em Fake News aqui na #edseis @GloboNews e aproveito para esclarecer mais uma notícia falsa circulando pelas redes : o rapaz que atropelou em Copacabana NUNCA foi funcionário da Globonews. Evite espalhar mentira!”, escreveu a jornalista.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio