Globo nega mais demissões no jornalismo e diz que integração já está concluída

Publicado há 3 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de uma terça-feira (18) cheia de demissões no esporte da Globo, o foco se virou para o jornalismo geral da emissora, que também vive uma integração de seus profissionais – ou vivia.

Segundo informações obtidas pelo Observatório da Televisão, uma possível nova leva de demissões deveria acontecer até o fim deste ano. Isso seria fruto de uma integração das redações da Globo e da Globo News em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Demissões esperadas e mudanças importantes: o dia de cão no esporte da Globo

No entanto, a emissora carioca, em comunicado, negou que haja qualquer tipo de demissão futura, dando uma espécie de tranquilidade para seus funcionários.

O canal, também em comunicado, disse que os jornalistas já trabalham em um ambiente só e que a integração já estaria concluída entre profissionais de TV aberta e fechada.

“Não haverá cortes no Jornalismo. A integração já existe e os profissionais já trabalham em um só ambiente”, afirmou exatamente a Central Globo de Comunicação.

A resposta dá a entender que a mudança prometida para a Globo News, no próximo mês de novembro, e que foi noticiada pelo colunista do UOL, Ricardo Feltrin, já está a todo o vapor.

Atualmente, jornalistas da Globo estão usando novas canoplas usando todos os veículos do Grupo Globo, como a Globo News e o G1. Além disso, jornalistas que vão cobrir uma pauta fazem tudo para todos os veículos da casa.

A ideia é otimizar o trabalho, algo que está sendo liderado pela nova direção do Grupo Globo, que tem executivos como Roberto Marinho Neto e o próprio Ali Kamel, que tem muitos anos de casa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais