Globo faz correção e integra Regina Duarte em divulgação de Vale Tudo

Exibida originalmente em 1988, trama começa a ser exibida na plataforma a partir do dia 20

Publicado há 2 meses
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após repercussão negativa por ter limado Regina Duarte da divulgação de Vale Tudo (1988) no Globoplay, a TV Globo corrigiu o erro integrou a atriz e ex-secretária da Cultura numa segunda publicação sobre a novela no perfil do Instagram.

Vale Tudo, como anunciado pelo streaming, começa a ser exibida na plataforma a partir de segunda-feira (20), mas na primeira publicação, Regina Duarte, que viveu a protagonista Raquel, não foi colocada na montagem ao lado dos demais personagens do folhetim, o que gerou a revolta de muita gente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Divulgação de Vale Tudo sem Regina revolta amantes da novela (Reprodução: Instagram)

“Eu ADORO um antes e depois. Você também que eu sei! Então bora aproveitar que Vale Tudo tá chegando no Globoplay pra ver como o elenco mudou!”, legendou o perfil da emissora na rede social o canal, exibindo apenas alguns atores do núcleo principal em cena.

“Faltou a protagonista”, comentou o internauta @alfredogmotta. Em seguida uma enxurrada de comentários negativos, incluindo a própria atriz, surgiram na publicação. “É um absurdo o que a Globo faz. Essa novela só fez sucesso por sua causa Regina Duarte, você é maravilhosa. Não adianta querer apagar sua história, não vão conseguir”, rechaçou @geannt_oliveira1.

Confira a nova publicação:

Na política

No dia 10 de junho, em edição do Diário Oficial da União (DOU) a exoneração da atriz Regina Duarte do cargo de Secretária Especial da Cultura foi oficializada. No documento, a saída da ex-secretária foi caracterizada como “a pedido”.

Duarte deixa o cargo após uma série de críticas da classe artística por sua falta de políticas voltadas ao mercado, que vem sofrendo com a pandemia do novo coronavírus, que, ao fechar teatros, cinemas e museus, impede o sustento de profissionais com ofício sazonal.

A permanência da atriz no cargo se tornou insustentável após desastrosa entrevista à CNN Brasil, na qual Duarte minimizou as mortes e torturas no período da ditadura militar brasileira, e se recusou a escutar apelo da atriz Maitê Proença, deixando a entrevista ao vivo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais