de espuma

Globo escala sucuri de mentira para o remake de Pantanal

Na versão original, Rafaela, mascote do Instituto Vital Brazil, assumiu o papel

Publicado em 06/10/2021

Sucesso nos anos 1990, a novela Pantanal volta à TV agora produzida pela Globo. Com adaptação de Bruno Luperi, neto do autor original, Benedito Ruy Barbosa, a produção já está sendo gravado no Centro-Oeste do Brasil.

De acordo com informações do jornalista Flavio Ricco, em sua coluna no portal R7, a emissora escalou uma sucuri de mentira, feita de espuma, para participar das gravações.

A produção vai contar também com uma série de efeitos especiais e visuais em suas cenas, em especial nos momentos vividos por Juma Marruá (Alanis Guillen) e pelo Velho do Rio (Osmar Prado). O remake deve ficar no lugar de Um Lugar ao Sol, substituta Império na faixa das 21h. 

Em 1990, na versão original de Pantanal, o animal foi a companheira do Velho do Rio, personagem vivido por Cláudio Marzo. A sucuri Rafaela, mascote do Instituto Vital Brazil, assumiu o papel. Ela pesava 90 kg, tinha 5 metros e meio de comprimento e faleceu em 2009 por causas naturais.