Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Seleção do Samba

Globo apresenta os sambas-enredo do Carnaval do Rio de Janeiro em especial

A atração vai ao ar logo depois do Altas Horas

Publicado em 12/11/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Todas as escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro já escolheram os sambas-enredo que vão embalar seus desfiles na Marquês de Sapucaí no próximo Carnaval.

O programa ‘Seleção do Samba’, parceria da TV Globo com a Liesa, mostrou como são escolhidas as músicas e, neste sábado, dia 13, exibe a festa completa, com a reapresentação dos 12 sambas oficiais das concorrentes deste ano ao título da maior festa popular do país. A Mangueira escolheu o samba criado por Moacyr Luz, Pedro Terra, Bruno Souza e Leandro Almeida para homenagear Cartola, Jamelão e Mestre Delegado, três dos maiores ícones da sua história, no enredo “Angenor, José e Laurindo”.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Já a São Clemente, que homenageará o ator Paulo Gustavo com o enredo “Minha Vida é uma peça”, do carnavalesco Tiago Martins, elegeu a composição coletiva de Cláudio Filé, James Bernardes, Arlindinho Neto, Braguinha, Colaço, Marcus, Lopes, Caio, Tinguinha, Danilo, Gustavinho, Kaike Vinicius e Igor Leal para embalar a escola no desfile do próximo Carnaval. Carlinhos Brown é um dos compositores do samba-enredo da Mocidade Independente de Padre Miguel, que exalta Oxossi, o orixá das matas, no enredo “Batuque ao Caçador”.

Diego Nicolau, Richard Valença, Orlando Ambrósio, Gigi da Estiva, Nattan Lopes, JJ Santos e Cabeça do Ajax são autores do samba com Carlinhos Brown. Em seu retorno ao Grupo Especial, a Imperatriz Leopoldinense levará para a Avenida o enredo “Meninos eu vivi… Onde canta o sabiá, Onde cantam Dalva & Lamartine”, assinado por Rosa Magalhães, que retorna à escola.

A composição é de Gabriel Melo. Para homenagear Martinho da Vila, grande astro e presidente de honra da escola, a Unidos de Vila Isabel escolheu o samba criado pela parceria de André Diniz e Evandro Bocão, dois dos maiores vencedores da escola, com Dudu Nobre, Professor Wladimir, Marcelo Valença, Leno Dias e Mauro Speranza  para contar a vida do músico no enredo “Canta, canta, minha gente! A Vila é de Martinho”, do carnavalesco Edson Pereira.

Grandes escolhas do Carnaval 2022

Para defender o enredo Resistência, do carnavalesco Alex de Souza, o Salgueiro escolheu a composição de Demá Chagas, Pedrinho da Flor, Leonardo Gallo, Zeca do Cavaco, Joana Rocha, Renato Galante e Gladiadorz. A Unidos da Tijuca levará para o Sambódromo a composição assinada por Anderson Benson, Eduardo Medrado e Kleber Rodrigues para contar a história do guaraná, no enredo “Waranã – A Reexistência Vermelha”, do carnavalesco Jack Vasconcelos.

Na Portela, cabe ao samba da parceria formada por Wanderlei Monteiro, Vinicius Ferreira, Rafael Gigante, Bira, Edmar Jr, Paulo Borges e André do Posto 7 a responsabilidade de defender na Avenida o enredo “Igi Osè Baobá”, dos carnavalescos Renato Lage e Márcia Lage, um passeio pelas tradições africanas. A Grande Rio escolheu o samba composto por Gustavo Clarão, Arlindinho Cruz, Jr. Fragga, Claudio Mattos, Thiago Meiners e Igor Leal para defender o enredo “Fala Majeté! Sete Chaves de Exú”, dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora. 

Paraíso do Tuiuti, que no próximo Carnaval contará o enredo “KA RÍBA TÍ YE – Que nossos caminhos se abram. O Tuiuti canta histórias de luta, sabedoria e resistência negra”, do carnavalesco Paulo Barros, selecionou o samba criado por Cláudio Russo, Moacyr Luz, Júlio Alves, Alessandro Falcão e W. Correia Filho. A mensagem apresentada pelo carnavalesco Alexandre Louzada no enredo “Empretecer o pensamento é ouvir a voz da Beija-Flor” foi a escolhida pela Beija-Flor de Nilópolis no samba de J. Velloso, Léo do Piso, Beto Nega, Júlio Assis, Manolo e Diego Rosa.

Grande vencedora do Grupo Especial do Carnaval 2020, a Unidos do Viradouro escolheu o samba dos compositores Felipe Filósofo, Fabio Borges, Ademir Ribeiro, Devid Gonçalves, Lucas Marques e Porkinho para representar na passarela o enredo “Não há tristeza que possa suportar tanta Alegria”, dos carnavalescos Marcus Ferreira e Tarcísio Zanon. O ‘Seleção do Samba’ vai ao ar na noite de sábado, dia 13, logo após o ‘Altas Horas’.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....