Giovanna Rangel justifica as rebeldias de Fabiana, sua personagem em Malhação: “Faltou a figura da mãe”

Publicado há 2 anos
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista a jornalista Luciana Marques do site Arteblits, Giovanna Rangel contou sobre os rumos de Fabiana em Malhação: Vidas Brasileiras. A atriz de 21 anos que já se prepara para a despedida da personagem, diz que se diverte com a reação do público. “O que eu mais leio nas redes sociais é: ‘odeio a Fabi, mas amo a Gigi Rangel.”

Quando o assunto é a importância de estar em um projeto que é responsável por lançar tantos nomes ao mercado, Giovanna é só felicidade. “Representa uma grande conquista e eu fico muito feliz em poder fazer parte dessa ‘escola’! É uma oportunidade incrível.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: “É triste”, afirma Maria Cândida sobre envelhecer na TV

Sobre a rebeldia de Fabiana, a atriz descarta a possibilidade de ela ser uma pessoa má. “Acho que é uma forma de ela se defender e sair por cima. A Fabiana não teve a presença da mãe na infância e foi criada pelo pai que não é nenhum exemplo, então acho que faltou essa figura materna pra botá-la nos eixos.”, justificou..

“Eu também falo o que eu penso, mas de uma maneira mais suave”, conta a atriz

E para completar, Giovanna afirma que não tem semelhanças com Fabiana. “É difícil ter alguma semelhança com ela, mas a Fabiana é muito sincera, fala o que pensa e não quer nem saber. Eu também falo o que eu penso, mas de uma maneira mais suave.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio