Giovanna Antonelli explica composição de Paula, de Quanto Mais Vida, Melhor!: “Um evento!”

Nova novela das sete da Globo estreia em novembro

Publicado em 30/10/2021 11:31
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na nova novela das sete da Globo, Paula Terrare (Giovanna Antonelli) é um furacão. Em Quanto Mais Vida, Melhor!, depois de ganhar da própria Morte (A Maia) uma segunda chance de viver, após passar por um acidente aéreo com Neném (Vladimir Brichta), Guilherme (Mateus Solano) e Flávia (Valentina Hersage), a presidente da Terrare Cosméticos retorna cheia de disposição para resolver tudo o que a deixa infeliz.

A empresa dela entrou em crise durante a pandemia, e tem na Wollinger Comésticos sua principal concorrente no mercado. A presidente da companhia é Carmem Wollinger (Julia Lemmertz), a quem Paula chama ‘carinhosamente’ de Cascacu. O histórico de brigas entre as duas teve início no passado, quando Paula se casou com Celso Terrare (Cândido Damm), ex-namorado da rival, morto em um acidente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde então, Carmem promete se vingar da viúva a quem atribui a culpa pela morte do grande amor de sua vida. E a proprietária da Wollinger Comésticos encontra em Marcelo (Bruno Cabrerizo), vice-presidente da Terrare e amante de Paula, o parceiro ideal para tentar derrubar a rival.

Workaholic, Paula coloca suas questões profissionais acima até da relação com a filha Ingrid (Nina Tomsic), que precisa ser estreitada com urgência. As duas vivem às turras, porque a empresária não tolera o perfil descolado da herdeira. Ao contrário da mãe, superfashionista, ela não se preocupa em se adequar a padrões estéticos e encontra afeto em Tuninha (Jussara Freire), governanta da cobertura na Barra, onde as três vivem.

O acidente de avião deixa ainda outra marca em Paula: nasce ali uma incontrolável atração por Neném. A princípio, ela passa a persegui-lo para fazer dele o novo rosto do creme masculino da Terrarre, mas, com o passar do tempo, percebe que quer algo mais sério com o jogador do que um relacionamento profissional. E vai fazer de tudo para conquistá-lo. Na entrevista abaixo, Giovanna Antonelli conta como nasce essa personagem.

Como você define a Paula?

Uma grande empresária. Competente. Rápida e inteligente. Cheia de autoestima e alto astral. Egocêntrica. Só pensa nela. Mandona e, ao mesmo tempo, divertidíssima. Ao longo da novela, também vai revelar outras facetas, porque ninguém é uma coisa só. A mesma Paula, dona de si, também é capaz de fazer as maiores loucuras por amor.

Comente a caracterização da Paula.

A conceituação da Paula foi realmente o que me trouxe toda inspiração para poder compor esse personagem cheio de tintas e nuances. Ela é solar, tem muita energia e usa um look total. Ela chega, chegando, sabe? Toda vestida de uma cor só, mas sempre muito vibrantes, cítricas, com tudo combinando. Roupa, bolsa e sapato e muita joia. Usa um cabelo bem escovado, duas mechas louras bem marcadas na frente do cabelo. Ela é um evento. Um acontecimento (risos).

Qual é o seu maior desafio de interpretá-la?

Se eu sou acelerada e rápida, ela é três vezes mais! Um esforço danado físico e mental ser Paula Terrare. O bom é que me divirto muito! E vocês vão ver que a novela é muito ágil, tem muitos acontecimentos o tempo todo. Depois do acidente de avião, os quatro protagonistas passam a se encontrar a todo momento, passam a ter que se ajudar entre si, então isso faz com que eles passem a frequentar diferentes universos, o que é muito rico.

Como ela é como mãe? Como é a relação dela com a Ingrid?

Ela tem uma relação muito difícil com amar e ser amada. Sempre se sentiu rejeitada e sozinha. Às vezes, fere as pessoas por insegurança de ser preterida. Sua relação com a filha é bem complicada. Existe uma lacuna entre elas. Pela própria personalidade de querer controlar tudo, Paula não respeita muito a individualidade da filha, a quer mais feminina e decidida como ela.

Em quem se inspirou para viver a Paula empresária?

Primeiro na mulher brasileira. Sou profunda admiradora dessas guerreiras. Passo a vida observando e me inspirando nelas, no jeito como se jogam e vão à luta para sobreviver. Paula tem uma ambição real, muita sede de vida. Quando assume o comando da Terrare Cosméticos acha que precisa ser mão de ferro nos negócios. Aí, temos uma brincadeira, uma licença poética em ‘Diabo Veste Prada’ (risos). Ela é como a Miranda (Meryl Streep), que trata mal os funcionários e ama ser odiada por eles.

Como nasce a paixão dela pelo Neném?

O destino os aproxima. E como são bem diferentes, de mundos diferentes, isso de alguma forma a instiga. É justamente o fato de esse amor parecer improvável e impossível que desperta essa paixão nela. Paula adora um desafio.

Quanto Mais Vida, Melhor! é um convite a uma viagem por um mundo divertido e lúdico, com estreia prevista para novembro. A próxima novela das sete é criada e escrita por Mauro Wilson, com direção artística de Allan Fiterman. É escrita com Marcelo Gonçalves, Mariana Torres e Rodrigo Salomão, com direção geral de Pedro Brenelli e direção de Ana Paula Guimarães, Natalia Warth, Dayse Amaral Dias e Bernardo Sá.

No elenco, estão nomes como Vladimir Brichta, Giovanna Antonelli, Mateus Solano, Valentina Herszage, Elizabeth Savala, Marcos Caruso, Ana Lucia Torre, Mariana Nunes, Bárbara Colen, entre outros. A produção é de Raphael Cavaco e a direção de gênero é de José Luiz Villamarim.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio