Gianecchini fala sobre cena com Juliana Paes e relembra Laços de Família: “De novo era ela de empregada e eu de menino riquinho”

Publicado há um ano
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Reynaldo Gianecchini interpreta o playboy Régis em A Dona do Pedaço. Vindo de uma família tradicional falida, o rapaz é sustentado pelo cunhado, Agno (Malvino Salvador) e será uma das principais pedras no sapato da protagonista Maria da Paz (Juliana Paes). O ator comentou sobre o personagem durante a participação no podcast oficial da trama.

“É um cara solar, simpaticão, mas ele tem um desvio de caráter. Não sabe trabalhar e ele mesmo fala que não nasceu para trabalhar. Então vai ter que ficar dando golpes nas pessoas para manter esse nível que ele quer ter sempre. É um bon-vivant, um playboy falido que vai ter que dar o golpe para estar nesse lugar e a Maria da Paz é a escolhida”, revelou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo Gianecchini o personagem não pode ser considerado um grande vilão, porque não enxerga como sendo “das trevas”, mas será responsável por praticar diversas maldades. “Tem muita coisa que ele vai criar que vai dar uma dózinha da Maria da Paz porque ele realmente vai querer tirar tudo dela”.

Juliana Paes e Reynaldo Gianecchini em Laços de Família (Montagem com fotos de divulgação)

Laços de Família

Tanto Gianecchini como Juliana Paes iniciaram sua carreira na TV na mesma novela, Laços de Família, de 2001, e chegaram a contracenar juntos algumas vezes. Ela era a empregada Ritinha, enquanto ele era um dos patrões, Edu. Sobre o reencontro em cena, ele demonstrou apenas alegria.

Régis (Reynaldo Gianecchini) e Maria da Paz (Juliana Paes) em A Dona do Pedaço (Reprodução)

“A gente estreou junto em Laços de Família e nunca mais nos cruzamos artisticamente. Na vida até que sim, mas para trabalho nenhum. Estou achando ótimo, nossos personagens são muito legais, muito opostos e têm uma proposta gostosa, dele se deixar contagiar pela força dela. A primeira cena que que gravei com ela foi muito esquisita porque de novo era ela de empregada e eu de menino riquinho, vinte anos depois”, disse.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais