Galvão Bueno faz desabafo sobre críticas e revela cuidado inusitado com a voz: “Sempre fui odiado”

Narrador também contou se já se arrependeu de algo que disse ao vivo

Publicado em 22/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O narrador Galvão Bueno falou recentemente sobre as críticas que recebe e fez um desabafo. “Sempre fui criticado. Sempre fui odiado por uma parte e amado por outra. Ainda bem que a parte do amor é muito maior do que a parte do ódio. Mas ninguém é obrigado a gostar de mim”, disse ele.

“Ninguém é obrigado a gostar do meu trabalho. Mas as coisas, realmente, mudam. As redes sociais mexeram com esse tipo de coisa”, acrescentou o comunicador em entrevista aos jornalistas Gabriel Vaquer e Elba Kriss, do Notícias da TV.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O narrador também falou sobre a potência de sua voz, que chamou atenção durante a cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. “Eu faço um trabalho de fono. Fiz para a Copa do Mundo que foi no Brasil e para a Olimpíada [no Brasil]. A fonoaudióloga da Globo me acompanhou (risos)”, contou.

“Nesses últimos dois anos, venho fazendo [acompanhamento] com uma fonoaudióloga de Londrina. Uma coisa moderna. Usamos raio laser, calor, frio, uma série de coisas, e o resultado foi muito bom. Estou satisfeito”, detalhou ele.

Imagina o seguinte: eu vivo de falar. Vivo de juntar palavras para emitir opiniões e conceitos. Imagina quanta bobagem já falei nesse tempo todo? É absolutamente inevitável. Não me pergunte qual foi a maior, porque, talvez, eu não saiba te dizer”, respondeu Galvão Bueno ao ser questionado se alguma vez já se arrependeu de algo que falou no ar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio