Galã de Querida Inimiga reclama de veto na Televisa

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Parece que a relação entre o ator peruano Jorge Aravena e a Televisa já não é mais a mesma. Em depoimento ao site da revista People en Español, o astro latino de 49 anos afirmou que não deve voltar tão cedo a atuar nos folhetins da rede mexicana. O motivo? Ele se encontra vetado lá dentro!

“Sinceramente me parece que alguém com muito poder ordenou que eu fosse vetado [pela empresa]. Não posso dar nomes, pelo menos até ter certeza de quem se trata. Mas gostaria que essa pessoa dissesse na minha cara os motivos que têm para me vetar. Porque aí sim eu vou lhe dar motivos para me vetar uns aninhos a mais”, disparou, sem papas na língua.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais: Definida atriz que protagonizará a nova versão de A Usurpadora

Jorge Aravena ganhou relativa fama no Brasil ao encabeçar o elenco de Querida Inimiga. A trama latina foi veiculada pelo SBT em 2017. Seu personagem era Ernesto, chef de cozinha que disputava o amor da heroína Lorena (Ana Layevska) com o médico Alonso (Gabriel Soto) – e acabou roubando-a do galã oficial na conclusão da história.

Ele também pôde ser visto por aqui em outros dois títulos da Televisa: a comédia romântica Meu Coração é Teu (2014), como o gentil pediatra Ângelo; e o dramalhão Um Caminho Para o Destino (2016). Neste último, interpretou o sofrido jardineiro Pedro, pai da protagonista Luísa Fernanda (Paulina Goto). O último trabalho de Aravena na Televisa foi a novela El Vuelo de la Victoria (2017).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais