Gabriel Braga Nunes elogia texto de Ricardo Linhares em Se Eu Fechar os Olhos Agora: “Diálogos fabulosos!”

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gabriel Braga Nunes era um dos mais empolgados na coletiva de lançamento de Se Eu Fechar os Olhos Agora, minissérie nacional que estreia no próximo dia 15 (segunda-feira) na Globo. Ele não esconde o entusiasmo ao falar da obra, escrita por Ricardo Linhares a partir do livro original de Edney Silvestre.

“É uma série que gravamos há um tempão. Uma experiência muito legal, especialmente o período que a gente passou em Minas Gerais. Foi muito bacana, todos ficamos muito próximos, muito amigos. Uma série muito boa, um suspense muito bem escrito”, definiu, em conversa com o Observatório da Televisão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O herdeiro da atriz Regina Braga fez questão de conferir o resultado final do trabalho em agosto de 2018, quando os 10 episódios da atração foram disponibilizados na plataforma Net NOW. “Mas estou doido para ver de novo na TV aberta”, frisou. Seu personagem é Geraldo Bastos, empresário mais poderoso de São Miguel, cidade fictícia onde se passa a história.

“O Geraldo é o ‘homem do emprego’ naquela região. Um cara muito poderoso, muito influente, até sobre os políticos da região. Então, é natural que, quando começam a acontecer coisas estranhas na cidade, muitas suspeitas recaiam sobre ele”, define o ator, que contracenou diretamente com Mariana Ximenes. Ela viveu Adalgisa, sua esposa na ficção.

“Os dois são um casal feliz, mas possuem um lado atormentado. O Geraldo é um homem bem-sucedido, de boa aparência, muito bem de vida. A minha principal dificuldade foi encontrar esse lado na relação dele com a Adalgisa. Encontrar essa química de um casal que tem tudo de bom na vida deles, mas no fundo são atormentados”, explicou.

Parceiros de longa data

Gabriel, aliás, não poupou elogios ao roteirista de Se Eu Fechar os Olhos Agora, Ricardo Linhares. “Já fiz vários outros trabalhos com o Ricardo – é meu quinto ou sexto trabalho com ele – e sei que ele é um homem de diálogos fabulosos. Ricardo é muito ‘craque’ no texto. Personagens incríveis, diálogos incríveis… Vários personagens importantes. Foi uma alegria fazer”, garantiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio