Fora do BBB 21, Nego Di revela estar sendo ameaçado: “Falam em esquartejar o meu filho”

Comediante foi eliminado com rejeição recorde

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O comediante Nego Di publicou em seu perfil pessoal no Instagram, na noite desta sexta-feira (19), um longo desabafo a respeito do impacto negativo que a repercussão de sua passagem pelo Big Brother Brasil 21 está tendo em sua vida pessoal desde que deixou o programa.

Eu fui julgado de uma maneira muito cruel. Não foi um cancelamento, foi um linchamento. Quando acabou o jogo, fui ameaçado de morte. A minha mãe foi ameaçada de morte. Eu recebi mensagens, a mãe do meu filho recebeu mensagens que iriam esquartejar o meu filho de cinco anos, esquartejar minha mãe“, detalhou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não existe pena de morte no Brasil, mas estou sendo julgado como se eu tivesse matado alguém, como se eu fosse um serial killer, um psicopata. Não tem nem como dizer a maneira como estão me julgando e me linchando na internet“, reclamou o humorista.

Di afirma ter sentido o impacto da rejeição popular tão logo deixou o confinamento do BBB. “‘Que merda que eu fiz?’ Foi isso que eu pensei. Quando eu peguei meu celular, eu estava recebendo uma enxurrada de xingamentos, ofensas racistas, xenofóbicas“, queixou-se.

Ele acredita que os ‘vilões’ da edição atual, como Karol Conká e Lumena Aleluia, sofrerão um efeito parecido conforme sejam eliminados do programa.

Tenho certeza que assim como eu fiquei devastado quando eu vi o estado caótico que estava minha vida pessoal e profissional, essas pessoas também vão ficar muito tristes e abaladas. Até piores do que eu“, avalia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio