Flávia Alessandra revela perrengue em cena sensual com Antonio Fagundes em Duas Caras: “Foi ao ar”

Atriz interpretou Alzirão, paixão de Juvenal Antena

Publicado em 5/9/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Flávia Alessandra é uma das atrizes que fizeram parte de Duas Caras, novela de 2008 que acaba de entrar para o catálogo do Globoplay. Na trama, a esposa de Otaviano Costa interpretou Alzira e fazia par romântico com Antonio Fagundes, que vivia Juvenal Antena.

Alzirão‘, como era chamada na novela, mantinha seu emprego como enfermeira durante o dia, mas à noite se revelava um fenômeno do pole dance em uma boate. Foi com seu talento para a sensualidade que sua personagem conquistou Juvenal.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Entretanto, relembrando as gravações da novela, Flávia revelou que os bastidores não foram tão tranquilos quanto parecia. A atriz contou nesta sábado (4) que passou por perrengues e sentiu muito frio na barriga ao gravar cenas quentes ao lado do veterano.

“Fagundes é uma referência na nossa dramaturgia. E aí, gente, eu tinha cena sensual. Confesso que era um desafio muito grande para mim ter cena sensual com o Fagundes”, contou a atriz.

Ela detalha uma cena em que acabou se desequilibrando, mas mesmo assim não foi descartada pela edição. “Numa das sequências, em que ela dança numa coisa private, só para ele, eu escorreguei. Me segurei. E ele me olhou como se dissesse: “Vai, confia”. Deu certo. A gente não parou. A cena foi ao ar. Tem um pedaço em que estou escorregando que só eu sei”, relembrou.

Apesar das dificuldades, Flávia Alessandra afirmou que o fato de fazer tais sequências com um ícone da teledramaturgia dava um quê a mais de nervosismo. “[Não sentia] vergonha não. Mas é que com o Fagundes, interpretar e atuar já é um desafio, ainda mais fazer cena de pole..“, disse.

Sufoco no pole dance

Equilibrar-se no pole dance também representava um desafio para a intérprete de Alzirão. “Mas lesionei mesmo foi o meu ombro, porque era muito esforço repetitivo e em pouco tempo que eu tinha para aprender. Até hoje tenho meu ombro direito mal por causa da Alzira”, revelou.

Quando as gravações de Duas Caras terminaram, a artista assume ter parado de vez com o instrumento símbolo de sensualidade. “Nunca mais eu vi um poste na minha frente, não sei se eu ainda consigo dançar.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio