Final de Império reserva a morte para a vilã Cora

Até o último momento, o Comendador atravessa o caminho da irmã de Eliane

Publicado em 08/09/2021 16:45
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos capítulos finais de Império, novela de Aguinaldo Silva que a TV Globo exibe em “edição especial” na faixa das 21h até a estreia de Um Lugar ao Sol, a vilã Cora (Marjorie Estiano) será baleada para salvar a vida de José Alfredo (Alexandre Nero).

A megera se jogará na frente de seu amado, que é alvo de Maurílio (Carmo Dalla Vecchia), devidamente mascarado, durante o desfile da União de Santa Teresa, na Sapucaí.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após ser atingida por tiros, Cora implorará por um beijo do Comendador e será prontamente atendida em pleno carro alegórico, sob os olhares do público do Sambódromo. À beira da morte, a vilã será levada para o hospital.

Cora passará por uma cirurgia muito delicada, e não resistirá. Antes de morrer, ela – delirando – imaginará uma noite de amor com o dono da Império, o que espera desde a juventude, quando ele escolheu a irmã dela, Elaine (Vanessa Giácomo/Malu Galli).

“Você foi meu, Zé, e foi melhor do que eu pensava. Você me fez mulher! Quando eu sair daqui…”, dirá ela, acreditando que o Comendador entrou em seu quarto, na UTI.

Mesmo com a exibição das cenas de amor de Cora com José Alfredo, tudo não passa de um devaneio, mais um, da tia megera de Cristina (Leandra Leal) e Elivaldo (Rafael Losso). Ela morre virgem, sem realizar o sonho de “tornar-se mulher” por obra do Homem de Preto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio