SEGUNDA-FEIRA

Fim de ano da TV Globo apresenta Ritmo de Natal com humor, música e romance

Primeiro longa do Núcleo de Filmes dos Estúdios Globo vai ao ar após a novela Terra e Paixão

Publicado em 15/12/2023

Nesta segunda-feira (18), é hora de relaxar e dar boas risadas com a comédia romântica Ritmo de Natal, que será exibida na programação da TV Globo logo após a novela Terra e Paixão. Um dos conteúdos mais assistidos no Globoplay desde que foi disponibilizado na plataforma, no dia 30 de novembro, o primeiro longa do Núcleo de Filmes dos Estúdios Globo chega à TV aberta para encantar o público.

Através da história de amor entre a cantora de funk Mileny (Clara Moneke) e o violinista Dante (Isacque Lopes), a obra criada e escrita por Juan Jullian e Leonardo Lanna, com direção artística de Allan Fiterman, aborda a celebração das diferenças e destaca como o preconceito pode afastar as pessoas do que realmente importa na vida: os afetos. Apesar das formas distintas de enxergar o mundo entre a mãe de Dante, Inês (Taís Araujo) e a família de Mileny – formada pelos pais Soraya (Vilma Melo) e MC Barbatana (Paulo Tiefenthaler), a avó Gorete (Teca Pereira) e o irmão Maikon (Guthierry Sotero) – e dos conflitos que essas diferenças podem gerar, o amor prevalece.

Filme de estreia dos roteiristas Juan Jullian e Leonardo Lanna, Ritmo de Natal chega à TV aberta com grande expectativa da dupla. “Assistir ‘Ritmo de Natal’ é uma oportunidade para relaxar nesse fim do ano sempre corrido. É uma história de Natal que apresenta elementos com os quais só famílias brasileiras vão se identificar”, revela Juan. “É uma comédia romântica leve e divertida, ideal para já entrar no clima da noite de Natal”, completa Leonardo.

Ritmo de Natal reúne duas atrizes de destaque na teledramaturgia, Clara Moneke e Taís Araujo, em cenas marcantes que prometem fazer refletir e emocionar. O encontro entre essas mulheres que representam diferentes gerações é um dos pontos altos do filme, aponta o diretor Allan Fiterman. “É muito bonito assistir essas atrizes tão talentosas contracenando. São mulheres de épocas distintas discutindo valores e diferenças em cena. Ter as duas nesse filme divertido, leve e emocionante é um presente de Natal para todos”, acredita.

Clara Moneke celebra a conquista de protagonizar o filme que traz uma mensagem em que acredita e ainda trabalhar com Taís Araujo, de quem sempre foi fã, após o sucesso como Kate em Vai na Fé. “Esse foi um ano de vitórias para mim. É muito gratificante protagonizar o primeiro longa do núcleo de filmes dos Estúdios Globo, desde o início da criação da obra os autores me imaginaram nessa personagem. O filme traz imagens e situações que precisam ser vistas, precisam ser contadas. É uma história de Natal bem brasileira, diferente das que estamos acostumados a assistir. É o filme que eu gostaria de ter tido a oportunidade de ver na infância”, relata.

Iscaque Lopes, que também colhe os frutos pela atuação na novela das sete, diz que o Natal sempre foi uma data importante para ele e por isso espera que o público se emocione com o filme o tanto quanto ele se emocionou durante todas as etapas do projeto. “A mensagem do filme é muito bonita. Quando você tem esse olhar de amor e empatia, tudo se torna melhor, mais leve, e é o que acontece entre a Mileny e o Dante. Eles são de mundos completamente diferentes, mas se apaixonam e fazem dar certo por conta do amor. Sem o amor forte que existe acho que nada seria possível entre os dois”, completou o ator.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade