Filhos de Nicolau em O Sétimo Guardião, Eduardo Speroni e Laryssa Ayres falam sobre o machismo do personagem

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar como Bebeto (Eduardo Speroni) e Diana (Laryssa Ayres), filhos de Nicolau (Marcelo Serrado) e Afrodite (Carolina Dieckmann) de O Sétimo Guardião, os atores falaram sobre o machismo do chapeiro.

Leia: O Sétimo Guardião: Valentina chama Sampaio e cogita ordenar a morte de Gabriel

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Infelizmente, é um comportamento antigo que perdura nos dias de hoje. Não tem ‘isso é de menino’ e ‘isso é de menina’. Todos podemos fazer qualquer coisa. No caso de Diana, que por um momento desiste de lutar, é bem aquela coisa da mulher submissa ao homem, que começa na figura do pai. É doído”, afirmou Laryssa ao jornal Extra.

Saiba mais: O Sétimo Guardião: Valentina fica em choque ao ver Marcos Paulo magérrima e loira

A atriz disse que está tendo o retorno do público por causa da personagem. “As meninas me escrevem, dizem que até mesmo no caratê tem preconceito: ‘Nossa, você luta?’. Como se não tivessem o direito de praticar o esporte”, lamentou a artista.

Responsável por viver o garoto que gosta de dançar, Eduardo declarou que é preciso abordar o assunto. “Muita gente está revoltada com Nicolau e me escrevem dizendo: ‘Passo por isso. Por favor, enfrenta ele mesmo’”, revelou o astro.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio