Felipe Prior, do BBB20, nega acusações de estupro: “sou inocente”

O ex-participante do BBB20 chegou a ser banido de eventos da faculdade por conta da conduta duvidosa

Publicado há 9 meses
Por Surenã Dias
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ex-bbb Felipe Prior usou seu perfil do Instagram na noite desta sexta-feira (3), para se pronunciar sobre as supostas acusações de assédio e estupro à três mulheres. Ele nega que tenha cometido os atos.

Visivelmente abatido, através de um vídeo Felipe afirmou estar muito triste com a repercussão do caso, que foi noticiado mais cedo por meio de uma reportagem investigativa da revista Marie Claire.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Desconheço de todos os fatos apresentados, nunca cometi nenhuma violência sexual contra ninguém, sou inocente. O que me deixa mais chateado é que depois que eu entrei na casa [do BBB20] as pessoas apresentaram uma denúncia pesada contra mim”, disse o arquiteto

E completou: “Meus advogados já estão tomando todas as providências. Gostaria de dizer ao público que todo o carinho que eles estão me passando, está me tornando mais forte. Para mim isso é o principal, minha consciência está muito tranquila”.

Na matéria da revista, Felipe é acusado de supostamente cometer três crimes de caráter sexual contra mulheres. Duas delas acusam Prior de estupro e a terceira de tentativa.

Os crimes teoricamente teriam ocorridos durante os jogos universitários da Interfau. Por conta das constantes denúncias de atividades problemáticas do até então estudante, ele chegou a ser banido dos eventos da organização.

“Devido ao recebimento de mais de uma denúncia acusando-o de assédio, além de uma acusação de crime sexual durante o Interfau de 2018, a Comissão Organizadora através dos deveres atribuídos a ela, visando garantir a segurança e o bem-estar de todos no evento, se reuniu no dia 21 de outubro de 2018, onde foi deliberada a expulsão permanente de Felipe Prior das demais edições do Interfau”, disse um comunicado da organização.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio