Felipe Neto detona CNN Brasil por entrevistar “terrorista”

Emissora entrevistou procurado pela Interpol para falar sobre fascismo

Publicado há 5 meses
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A CNN Brasil se tornou, fortemente, alvo de críticas por dar voz a Eduardo Fauzi, um empresário acusado de fazer terrorismo. Ele fugiu para a Rússia, depois de atacar a produtora do canal Porta dos Fundos a bomba.

A emissora da Avenida Paulista exibiu uma reportagem com um grupo aleatório de antifascistas na segunda-feira (8) e pediu para Fauzi, que é procurado pela Interpol, opinar sobre o tema.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Nós, integralistas, somos pautados pela ordem, hierarquia e disciplina social, portanto, não existe possibilidade de diálogo entre ordem, hierarquia e disciplina social, entre Deus, pátria e família e anarquia, destruição, vandalismo, não existe possibilidade de diálogo entre essas duas correntes de pensamento. Portanto, não resta outra alternativa que ocorrer choques violentos entre uma coisa e outra”, disse o procurado à CNN Brasil.

CNN Brasil entrevista Antifas (Reprodução)

O canal lembrou que ele vive na Rússia e que a fuga do Brasil ocorreu um dia antes de sair se mandado de prisão. A emissora diz ainda que as investigações estão em andamento.

No entanto, a participação de Fauzi no programa Visão CNN, como se um entrevistado comum e legítimo causou reações negativas para o canal. O influencer digital Felipe detonou a emissora.

“Ae, CNN Brasil, numa boa, vocês são patéticos. Um vexame pro país e uma vergonha ao bom jornalismo. Isso ficará registrado na história. O canal que acha que deve dar voz e validar a todos, até a um terrorista que ateou fogo na sede do Porta dos Fundos”, disse em um tuíte.

Felipe Neto ainda tuitou em inglês, chamando a atenção da CNN americana e de âncoras famosos do horário nobre, como Anderson Cooper e Don Lemon.

Eduardo Fauzi é entrevista pela CNN Brasil (Reprodução)

Confira mais tuítes

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais