Felipe Andreoli dá selinho em seu pai no Conversa com Bial: “Pra mim, é muito normal”

Publicado há um ano
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apresentador do Globo Esporte em São Paulo, o jornalista Felipe Andreoli foi o convidado desta segunda-feira (5) no Conversa com Bial, talk show de Pedro Bial na Globo. No papo, ele falou sobre o machismo na sociedade, se assumiu um homem sensível e disse estar feliz com o maior número de mulheres nas redações de Esporte. Ele também deu um selinho no seu pai, o jornalista Luiz Andreoli.

Entre as revelações que fez, Andreoli disse que chorou durante o trailer de um filme que é baseado em uma canção de Bruce Springsteen, seu cantor favorito. “Eu sou muito fã do cantor Bruce Springsteen e vai sair um filme com ele agora, baseado em uma música, e eu fui com a minha mulher no cinema e passou o trailer desse filme. Eu chorei! Eu chorei muito!”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Andreoli também não negou que seja um homem emocional: “Eu sou um cara bem emocional, eu choro em trailer de filme. Eu sempre fui um cara à flor da pele por esse lado da sensibilidade. Eu falo assim: eu tenho 40 anos e troquei mais elogios com homens do troquei socos por eles”

Sobre o machismo no Esporte, Felipe Andreoli disse que o meio boleiro ainda é muito tóxico para mulheres. Mas que as redações estão sendo inundadas por mulheres, e que as empresas estão dando mais espaço para isso. Ele usou como exemplo o próprio Globo Esporte, que comanda na Globo desde junho.

“Eu convivo com esse meio desde muito novo. Comecei nisso com 19 anos, 20 anos… A presença das mulheres é bem mais clara. As mulheres tomaram conta da redação. Hoje na redação do Globo Esporte é meio a meio. Eu vejo que isso é uma diretriz de um pessoal que já estava lá, não é porque eu cheguei”, disse Andreoli.

Pai de Felipe Andreoli, Luiz Andreoli também foi entrevistado por Pedro Bial

“O meio do futebol é muito machista, ele ainda segrega bastante. Eles ainda respeitam. Eles sabem o espaço. Mas a gente sabe que quando eles estão só entre eles ali, o machismo reina”, completou o jornalista.

O jornalista também falou sobre sexo e disse que prefere ver uma mulher tendo um orgasmo do que ele gozar. “Meu maior prazer é ver uma mulher ter prazer. Falando especificamente do sexo: até outro dia, o homem só queria fazer o seu e dane-se o que a mulher sente. Não tem nada melhor do que ver uma mulher sentindo prazer”, explicou.

No meio da entrevista, o jornalista Luiz Andreoli foi chamado para se juntar a ele. Luiz é pai de Felipe Andreoli. Ao falarem da relação entre pai e filho, Luiz deu um selinho na boca do filho. “Eu sempre beijei meu filho na boca e as pessoas estranharam”, confessou Luiz Andreoli. “Para mim é muito normal”, completou Felipe.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais