Fantástico visita fábrica da AK47 e mostra a letalidade da arma russa

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A explosão de violência na Rocinha deixou o Rio de Janeiro em estado de alerta nas últimas semanas. O Fantástico deste domingo, dia 1º de outubro, acompanha a rotina atual da comunidade e mostra a visita do correspondente Pedro Vedova à fábrica da AK47, na Rússia. Considerada a arma mais produzida e letal da História, ela é muito utilizada pelos bandidos na capital carioca. Desenvolvida na União Soviética há 70 anos, logo após a Segunda Guerra Mundial, a arma teve importante papel na Guerra do Vietnã e depois se espalhou por países da África, Ásia, Oriente Médio e América Latina. Existem 100 milhões desses fuzis em todo o mundo, que matam cerca de 250 mil pessoas por ano. A fábrica da AK47 fica na cidade de Izhevsk, a mil quilômetros de Moscou. “A história da AK47 impressiona bastante. Só a pesquisa sobre arma já levanta as sobrancelhas: ela matou mais do que todas as outras armas. E no estande de tiro, ficou claro o motivo: a violência e eficácia da AK são absurdas. A gente pode ter visto a arma em filmes, escutado o barulho em reportagens, mas só ao vivo dá pra ter noção da força”, conta Pedro Vedova.

O programa também trata de assuntos mais leves. Na próxima semana, o Cirque du Soleil desembarca no Brasil para uma temporada do espetáculo Amaluna. Mari Palma mostra os bastidores do espetáculo em 360 graus, na série ‘Fant360’. Guiada por dois artistas brasileiros, a palhaça Gabriela Argento e o acrobata Gabriel Christo, Mari Palma mostra, com exclusividade, o espaço onde os artistas treinam, se concentram, se preparam e relaxam quando não estão em ação. A repórter faz um treino de Aerial Hoop, uma espécie de bambolê aéreo, com Marie-Michelle Faber, artista canadense que é uma das estrelas do espetáculo. O diretor-artístico James Santos e Mireille Marchal, percussionista da banda toda composta por mulheres, também conversam com a repórter.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lá se vão 15 anos desde que Thiaguinho começou a carreira cantando no programa ‘Fama’, da TV Globo. Neste domingo, ele estará no estúdio do ‘Fantástico’ para comemorar a data e receber homenagens do amigo Neymar, da esposa, Fernanda Souza, e de alguns fãs. A relação do cantor com a arte começou cedo, mas o ‘Fama’ deu visibilidade para que ele entrasse no Exaltasamba, onde cantou por nove anos. A decisão de seguir carreira solo foi o maior desafio da sua carreira: “Começou a bater no meu coração a vontade de ter um disco, de compor mais músicas, ter mais espaço para as minhas ideias. Coisas que talvez eu não conseguiria juntar no grupo”, conta o artista. A trajetória inclui a conquista de um Grammy, a gravação de um DVD em um estádio e um dueto com Roberto Carlos. O cantor conheceu Neymar em 2010 e, desde o primeiro dia, surgiu uma amizade que virou irmandade. “Cada dia que passa a gente é mais amigo, mais orgulhoso das vitórias e conquistas do outro”, conta o cantor, que vai para a Rússia no ano que vem para acompanhar a Copa do Mundo. “Não sei até quando vou ter a chance de ter um amigo camisa 10 da seleção brasileira”, brinca o cantor. Ao se declarar para o marido, Fernanda Souza pede que ele cante ‘Ainda Bem’. Além de revelar que ela serviu de inspiração, Thiaguinho conta que a música é uma das mais tocadas em casamentos no Brasil.

E por falar em casamento, o penúltimo episódio da série Nelson Por Ele Mesmo trata da comemoração das bodas de prata de Isaac e Marina, o casal mais feliz do subúrbio. Mas quando se fala em Nelson Rodrigues, um beijo pode marcar uma história de amor ou ser o prenúncio de uma catástrofe. E é exatamente o que acontece: três dias antes da  comemoração de seus 25 anos de casado, Isaac descobre que tem nojo do beijo da esposa.

No terceiro episódio da série Fórmula do Sabor, chocolate e pimenta representam o prazer provocado pela comida. O chocolate encanta pelo cheiro, pela textura e pela beleza e traz uma sensação inquestionável de recompensa ao ser consumido. Já a pimenta faz o coração bater mais acelerado, as pupilas dilatarem, a respiração ficar mais profunda e a circulação aumentar. Um furacão de sensações que faz o cérebro acionar a produção de endorfina, uma substância que alivia a dor, um dos analgésicos naturais que criam a sensação de prazer. É isso que explica o fato de algumas pessoas adorarem pimenta, apesar da dor que ela provoca.

O ‘Fantástico’ vai ao ar na noite de domingo, dia 1º, depois do ‘Domingão do Faustão’.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio