Fantástico: Mulher com depressão vai ao tribunal reivindicar a guarda dos filhos em Segredos de Justiça

Publicado há 4 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de dois anos em tratamento contra a depressão, distante dos filhos e do marido, uma mulher reaparece para reivindicar a guarda das crianças. Este é mais um caso para a juíza (Glória Pires) de Segredos de Justiça resolver. Baseada no livro “A Vida não é justa” da juíza Andréa Pachá, a série tem direção artística de Rafael Dragaud e direção de Pedro Peregrino.

Carlos (Felipe Camargo) e Sueli (Gisele Froes) se casaram jovens. No acordo que estabeleceram, ele ganha o pão enquanto ela se dedica a cuidar de tudo em casa. Carlos trabalha embarcado numa plataforma de petróleo e, nas folgas, se dedica aos filhos. Uma noite, depois de 45 dias no mar, encontra a casa uma bagunça, os filhos largados e a mulher apática. Ele tenta ajudar a esposa a melhorar, mas não consegue. Não tem jeito. Sueli precisa de cuidados médicos. Sua mãe vem de outra cidade buscá-la. Durante dois anos, ela só vê os filhos quatro vezes. Mas depois de tratada e medicada, ela volta para reivindicar a guarda dos filhos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Fantástico entra no ar neste domingo mais cedo, às 20h30, em função da cobertura do segundo turno das eleições municipais. Heraldo Pereira e Ana Paula Araújo comandam as informações com os resultados e análises das apurações ao longo do programa em tempo real.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio