Fantástico exibe entrevista após pedido para não ir ao ar

A reportagem ainda explicou a situação

Publicado há 22 dias
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma situação inesperada e desconhecida pela maior parte do público acabou acontecendo no Fantástico do último domingo (12). Isso porque uma entrevista exibida, foi de uma pessoa que se arrependeu de ter falado e pediu que não fosse ao ar.

De acordo com o colunista Mauricio Stycer, do UOL, a situação aconteceu com uma reportagem sobre a resistência ao uso de máscaras durante a pandemia de Covid-19. O advogado Carlos de Paula Júnior foi entrevistado por Marcos Uchôa e revelou que conseguiu na Justiça o direito de não usar máscaras.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Isso porque na cidade de Santos, São Paulo, onde ele mora, desde o início de maio é obrigatório o uso de cáscaras. O descumprimento pode gerar multa de R$ 100. Pouco depois da gravação, a reportagem da TV Globo foi procurada com o pedido para não exibir a entrevista.

Uchôa então avisou e explicou que o Fantástico havia decidido exibir a entrevista com base em um dos princípios editoriais do Grupo Globo. “Concedida uma entrevista exclusiva, uma fonte pode pedir alterações, acréscimos, supressões, mas o jornalista julgará se este pedido se justifica”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais