Familiares de vítimas transformam luto em busca por justiça em minissérie do Investigação Discovery

Publicado há 2 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os protagonistas de Medidas Radicais, nova minissérie do Investigação Discovery, têm um passado traumático em comum: todos eles perderam alguém que amavam nas mãos de assassinos.

Diante da falta de solução dos casos, eles transformaram a dor e o sofrimento extremos em força para se unirem à polícia na busca por justiça.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Mariana Rios passa por check-up e surge apreensiva

Com estreia nesta quarta-feira (12), às 23h, a produção reúne relatos exclusivos desses familiares. Eles não mediram esforços para encontrar os perpetradores dos crimes brutais que vitimaram seus entes queridos.

Os acontecimentos principais dos casos são narrados em primeira pessoa por mães, filhos e irmãos. Esses personagens empreenderam em uma arriscada missão de investigação paralela.

Cada um dos três episódios de uma hora. As cenas acontecem em torno do depoimento das pessoas que fizeram do luto a motivação para não deixarem os crimes impunes. A minissérie ouve outras fontes que participaram das apurações: aqueles que por ofício ou por honra se lançaram à procura de pistas e respostas.

Episódio de estreia

O episódio de estreia segue as palavras de Lora Eberhard. Em um sábado de setembro de 2001, ela saía de casa rumo à igreja, como de costume. A rotina foi interrompida por uma estranha visita de seu filho mais velho, Andrew. Lora não poderia imaginar, mas aquela seria a última vez que o veria com vida.

Cecil, o filho mais novo de Lora, conta como era seu relacionamento com Andrew. O irmão mais velho era extremamente tímido e, por vezes, Cecil invertia os papeis e protegia o primogênito. Andrew se casara há pouco tempo e acabara de se tornar pai do pequeno Jacob, um bebê de apenas sete meses.

Depois de cinco dias do desaparecimento de Andrew, a polícia assumiu o caso. Mas Lora seguiu, por conta própria, procurando o paradeiro do filho. Até que, semanas após o último contato, o corpo do jovem foi encontrado.

Lora não parou com as suas buscas. Ela apenas mudou de objetivo e decidiu que não se deteria até saber quem matou Andrew. Ao lado dela, a viúva e o irmão de Andrew começam a juntar as peças do caso.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio