Família quer exumar corpo de Tom Veiga para investigar possível envenenamento

Co-apresentador do Mais Você foi encontrado morto em sua casa no dia 1º de novembro de 2020

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A família de Tom Veiga, intérprete do boneco Louro José, do Mais Você, estaria disposta a mandar exumar o corpo para investigar a fundo a causa de sua morte. Há suspeita de que ele tenha sido envenenado. 

De acordo com informações do jornalista Léo Dias, do portal Metrópoles, a família de Tom Veiga tenta anular o testamento deixado por ele, em que 50% de seus bens são destinados à sua ex-mulher, Cybelle Hermínio, e a outra parte para seus quatro filhos. O objetivo é tirá-la da partilha. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo o jornal Extra, três dias antes de morrer, Tom Veiga teria pedido que um amigo o acompanhasse até um cartório para testemunhar uma mudança em seu testamento. “Pode ir lá comigo para cancelar essa bosta?”, teria dito ele em um áudio enviado ao colega. Seu objetivo seria retirar Cybelle do documento.

Diante da incompatibilidade de agenda, eles decidiram deixar o compromisso para depois, já que no dia seguinte, na sexta-feira, 30 de outubro, ele tinha marcado com profissionais que instalariam câmeras de segurança em sua casa, e no final de semana viajaria para São Paulo, onde ficaria pelos próximos dias para participar do Mais Você. 

Ao final da conversa, o eterno Louro José ainda brincou. “Fica sossegado. Não pretendo morrer esta semana, não”, disse ele, propondo que fossem ao cartório assim que ele retornasse de São Paulo. 

Tom Veiga e Cybelle Hermínio ficaram casados por sete meses. O relacionamento começou em fevereiro de 2019. Ainda segundo o jornalista Léo Dias, a um mês da separação, os dois trocaram o documento de união estável por uma certidão de casamento, com regime de separação total de bens. O movimento intrigou os familiares do ator.

Tom Veiga foi encontrado morto em sua casa no dia 1º de novembro de 2020. Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que ele sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico

Os filhos do eterno Louro José movem uma ação na justiça em que tentam provar a indignidade de Cybelle como herdeira. A primogênita de Tom, Amanda, pede que seja reconhecida como inventariante, o que Cybelle contesta. A ex-mulher também requer o direito de cuidar do inventário.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio