Falando Francamente: há 18 anos estreava a melhor atração de fofocas da TV; relembre

Atração de Sonia Abrão no SBT de longe foi o melhor do gênero na história da TV

Publicado há 5 meses
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No dia 6 de maio de 2002 o SBT levava ao ar o primeiro Falando Francamente, atração comanda pela jornalista Sonia Abrão até 2004, quando em janeiro daquele ano, o programa se converteu (a pedido de Silvio Santos), em um semanal com direito a plateia, games no palco, musicais e cobertura dos factuais do cotidiano com helicóptero à disposição.

O vespertino relembrado até hoje com muito carinho pelo público, em pouco tempo tornou-se a maior referência no que diz respeito ao noticiário of celebrities. Sonia, a nossa Oprah Winfrey deste universo, diante das alterações aplicadas no programa, preferiu abrir mão do show e toda estrutura construída para ela.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sonia Abrão apresentou o Falando Francamente (Reprodução: SBT)

No oitavo mês do Falando Francamente semanal, a apresentadora mudou de ares e assinou contrato com a Record TV. Sonia Abrão, bem como no SBT, viveu também a melhor fase do canal de Edir Macedo.

Neste tempo, Silvio Santos encheu a grade vespertina com filmes e enlatados mexicanos, além do Sessão Premiada com Celso Portiolli. Atrações essas que gradativamente foram perdendo a graça sem Sonia para sustentá-los.

Edith González e Sonia Abrão no Falando Francamente (Reprodução: SBT)

Os comentários e análises da jornalista sobre os acontecimentos das novelas, os bastidores dos programas e as entrevistas, foram fundamentais para a febre que essas produções viriam a se tornar a partir dali.

A informações da apresentadora abasteciam a indústria do entretenimento com entrevistas exclusivas, matérias especiais, os lançamentos. Sonia cobria eventos e fazia tudo que um programa de fofocas demanda. Bom ressaltar que tudo isso foi numa época em que as redes sociais não existiam e a internet era escassa.

Falando Francamente (Reprodução: SBT)

Sem perder o selo de credibilidade e a essência, a jornalista enfrentou todas as resistências possíveis e lutou para não cair na mesmice dos programas femininos com culinária, horóscopo e artesanato.

Bem posicionada no ranking das profissionais mais bem-sucedidas da TV, ela, hoje titular do A Tarde É Sua, na RedeTV!, além de todo o aporte na fase do SBT, Sonia rendia os bastidores de toda a programação da emissora de Silvio Santos.

De cobertura dos realities Casa dos Artistas ao Popstars, às ovacionadas entrevistas internacionais produzidas diretas do México. Sonia Abrão foi responsável por abrir os portões da fábrica de sonhos da Televisa ao trazer entrevistas com Thalía, Danna Paola (Elite), Anahí, Roberto Gómez Bolaños (o Chaves), Maria Antonieta de las Nieves (Chiquinha),

Falando Francamente (Reprodução: YouTube)

Gabriela Spanic, Miguel de León, Fernando Colunga, Adela Noriega, Belinda, César Évora, Lisette Morelos, Martín Rica, Daniela Aedo, Nora Salinas, Daniela Luján, Ludiwika Paleta e a única entrevista ao Brasil da atriz Edith González, consagrado nome da TV latina e falecida há exato um ano, vítima de um câncer.

Para se ter uma ideia, Nélio Júnior, repórter da atração, conseguiu “invadir” as locações de Amor Real (2003) antes mesmo da novela estrear por lá. Como é sabido, a Televisa trata suas gravações da dramaturgia em total sigilo. Poucas são as exceções abertas!

A equipe do Falando Francamente era formada por Celso Russomano, Lincoln Gomide, Gil Gomes, Nélio Junior, Márcia Romão, Ana Paula, Paulo Sérgio Moraes, Tony Castro e fiel escudeira de Sonia, Cíntia Lima, recém-contratada pela Band, onde atua no Melhor da Tarde com Cátia Fonseca.

Elías Abrão é irmão de Sonia Abrão e Diretor dos seus programas (Reprodução)

Levando a assinatura de seu irmão, o popular Elías Abrão, o Falando Francamente alçou voos inimagináveis na audiência, com médias entre 10 e 11 pontos e picos acima dos 12.

Dinâmico, criativo e eficiente, o Falando Francamente não conseguiu ser superado até hoje por qualquer outro produto do gênero nos últimos 18 anos. A solidez e propriedade da profissional que o comandou, tampouco. De lá pra cá surgiram o Fofocalizando, Tricotando, Cor-de Rosa, TV Fama, Fofoca Ai, Tá Sabendo?, Muito +, Morning Show, Muito Show, A Hora da Venenosa, além das numeráveis rodas de fofoca dos programas femininos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais