Faixa Especial, do SporTV, celebra títulos brasileiros na Copa América

Alexandre Lozetti e Everaldo Marques participam do revival

Publicado há 6 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Algumas conquistas são especiais pela forma como aconteceram, por suas histórias e pelos adversários enfrentados. A partir desta segunda-feira, dia 4, a Faixa Especial do SporTV relembra, com narrações e comentários inéditos, três títulos da seleção brasileira na Copa América, a principal competição sul-americana de seleções.

Oportunidade de rever as fases finais das edições de 2004, no Peru, e de 2007, na Venezuela, que terminaram com vitórias históricas sobre a Argentina, além da grande final da edição de 1989, disputada no Brasil, um título conquistado sobre os uruguaios, em uma decisão cercada de lembranças do ‘Maracanazzo’.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Brasil chegou à final da Copa América de 2004 depois de golear o México por 4 a 1, nas quartas de final, e eliminar os uruguaios nos pênaltis na semifinal, jogos que abrem a Faixa Especial da semana.

Na final, diante dos argentinos, o placar era desfavorável até os 48 minutos do segundo tempo, quando Adriano, artilheiro e melhor jogador da competição, fez o gol do empate, levando a decisão para as cobranças de pênaltis. A vitória por 4 a 2 deu ao Brasil o sétimo título da competição.

Na final, havia muita pressão em cima da Argentina, que não ganhava um título de expressão desde 1993 e tinha sido precocemente eliminada na primeira fase da Copa do Mundo de dois anos antes. Era muito importante para eles conquistar o título. Mas o Brasil foi lá e venceu, mesmo jogando sem o time base de 2002”, conta Everaldo Marques, que estará ao lado de Alexandre Lozetti, Ana Thaís Matos e Caio Ribeiro na transmissão da final da partida, na quarta-feira, dia 6.

Túnel do tempo da bola

Três anos depois, na Venezuela, já sob o comando de Dunga, um renovado Brasil chegou às quartas de final depois de duas vitórias e uma derrota na primeira fase. O adversário foi o Chile, goleado por 6 a 1. Na semifinal, os velhos conhecidos uruguaios, derrotados, assim como em 2004, nas cobranças de pênaltis. Na decisão, o Brasil teve novamente os favoritos argentinos pela frente. A vitória brasileira por 3 a 1, com gols de Júlio Baptista, Ayala (contra) e Daniel Alves, decretou o oitavo título da Copa América.

Para fechar a semana, voltamos no tempo rumo à 34ª edição da Copa América, realizada em 1989 no Brasil. O formato de disputa era outro, com a fase final disputada em um quadrangular com as melhores seleções da primeira fase. A partida que decidiu o título colocou frente a frente mais do que duas seleções tradicionais, trouxe de volta a lembrança de uma das maiores derrotas do futebol brasileiro até então, a final da Copa de 1950, vencida pelos uruguaios.

O confronto aconteceria exatamente no mesmo dia, no mesmo lugar, diante do mesmo adversário que havia calado o Maracanã 39 anos antes. Mas aquele 16 de julho de 1989 foi bem diferente e ficou marcado na história por uma vitória verde e amarela por 1 a 0. O gol de Romário garantiu o título e espantou o fantasma uruguaio que assombrava o futebol brasileiro desde 1950.

Confira a programação

SEGUNDA-FEIRA, dia 4: 19h – Copa América de 2004 – Brasil x México (quartas de final)

TERÇA-FEIRA, dia 5: 19h – Copa América de 2004 – Brasil x Uruguai (semifinal)

QUARTA-FEIRA, dia 6: 19h – Copa América de 2004 – Brasil x Argentina (final)

QUINTA-FEIRA, dia 7: 19h – Copa América de 2007 – Chile x Brasil (quartas de final)

SEXTA-FEIRA, dia 8: 19h – Copa América de 2007 – Uruguai x Brasil (semifinal)

SÁBADO, dia 9: 18h – Copa América de 2007 – Brasil x Argentina (final)

DOMINGO, dia 10: 18h – Copa América de 1989 – Brasil x Uruguai (final)

A Faixa Especial vai ao ar de segunda-feira a sexta-feira, às 19h, e aos sábados e domingos, às 18h, no SporTV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais