Fabrício Boliveira fala sobre o Roberval de Segundo Sol: “Foi trabalhoso, mas ao mesmo tempo divertido”

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar com o Roberval de Segundo Sol, Fabrício Boliveira verá o encerramento do seu trabalho nesta sexta-feira (9), quando irá ao ar o último capítulo da trama. Com relação ao folhetim, o artista disse estar feliz com o que fez.

Leia: Segundo Sol: Veja quem será o novo amor de Ícaro

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“É um personagem bastante complexo, então tem um trabalho um pouquinho maior para destrinchar todo ele e abrir diálogo dentro das frentes todas que o Roberval apresenta Foi trabalhoso, mas ao mesmo tempo divertido. É o tipo de trabalho que eu gosto e que qualquer ator estaria feliz também em fazer”, declarou o astro ao Gshow.

Saiba mais: Segundo Sol: Karola e Laureta roubam o filho de Rosa e fogem fantasiadas

Contudo, o artista apontou ainda a falta de definição do personagem. “Ele tem ações que não são tão corretas e, ao mesmo tempo, os objetivos dele parecem ser corretos. Ele entra nesse espaço de dualidade e de não maniqueísmo, de não ser vilãozinho nem mocinho”, analisou inesperadamente o ator.

“O que eu sempre quis, dentro desse personagem, é abrir discussão, abrir questões e isso eu tenho visto bastante. As pessoas estão discutindo nas redes sociais e estão sem saber como qualificar, e isso é muito interessante”, destacou o famoso.

“A gente está sempre julgando alguém de bom ou de mau, e a pessoa fica eternizada dentro daquela gaveta. Hoje, a gente tem um personagem que a gente não sabe o que dizer sobre ele, não sabe dizer se ele é vilão ou mocinho, e ficamos acompanhando as ações dele para, a partir daí, ter algum tipo de reflexão sobre a nossa própria vida”, concluiu, enfim, Boliveira.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio