Fabrício Boliveira diz que sofre racismo assim como seu personagem

Publicado há 4 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fabrício Boliveira, que interpreta o personagem Péricles da série Nada Será Como Antes, revela que tem algo em comum com seu personagem: A dificuldade como ator de encontrar trabalhos pelo fato de ser negro.

“Essa foi a minha observação logo que recebi a sinopse do personagem: como a situação não mudou muito desde então. O drama vivido pelo Péricles é quase o mesmo vivido pelo Fabrício que, de algum jeito, conseguiu se inserir mais no mercado de trabalho. Mas ainda há muitos atores como eu” Nota o ator que destaca que a situação do personagem mesmo sendo apresentada na década de 1950 permanece até os dias atuais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fabrício Boliveira, que já atuou em diversas novelas e série da Rede Globo, aponta que o problema pode ser comprovado pela forma como a mídia trata quando há por exemplo um protagonista negro na TV: Podemos perceber que sempre quando é lançada uma novela com um negro ou negra no papel principal, ela é anunciada como a primeira. Temos alguma questão ali. Se fosse algo resolvido, isso já teria entrado de forma suave, não precisaria ser o cartão de visitas do trabalho”

“Por que isso continua? Quem dita que ele não será bem aceito? Assim como hoje, quem dita que eu não sou vendável como artista pelo fato de eu não ser negro, como se isso fosse um demérito? Pelo contrário, isso é a cara do Brasil e representa o país – 52% da população é negra!” Questiona ele, que acredita que o tema abordado na série pode abrir a discussão sobre o mesmo, na esperança que algo mude neste cenário.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais