Ex-humorista do Pânico é acusado de armazenar pornografia infantil

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conhecido por ter participado do extinto programa Pânico, onde ficou conhecido como ‘japonês do Pânico’, Marcelo Eiji Harada foi preso na manhã desta quinta-feira (17) sob a acusação de armazenar pornografia infantil.

“Depois que o Pânico, acabou meu sonho é voltar para a TV”, desabafa Charles Henriquepédia no Domingo Show

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ele foi preso em sua casa na zona sul de São Paulo durante a operação na manhã desta quinta. Na casa dele foi encontrado um HD externo e, na vistoria técnico, foi identificado o armazenamento de conteúdo pornográfico infantil”, declarou Elizabete Sato, diretora do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ao site UOL.

Evandro Santo revela: “Após o fim do Pânico na Band, fiquei com medo de não ter mais espaço para mim na TV”

Pela internet, o humorista compartilhou um vídeo no qual aparece se defendendo da acusação. “Pessoal, vocês conhecem a minha idoneidade, sabem que eu não faria nenhum mal a ninguém. É tudo mentira. Não acreditem. É tudo sensacionalismo”, afirmou Marcelo.

Carol Dias fala sobre saída do Pânico, fim do programa na Band e rixa com Nicole Balhs: “Pessoal colocava lenha”

Assista:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio