Evil agride e chama Nebuzaradã de assassino, mas acaba sendo contrariado pelo pai

Publicado há um ano
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No capítulo que vai ao ar nesta segunda-feira (10), na Record TV, em O Rico e Lázaro, Evil-Merodaque (Kaiky Brito) ficará furioso ao descobrir que Nebuzaradã (Ângelo Paes Leme) foi flagrado por Asher (Dudu Azevedo), quando ainda escravo, traindo Kassaia (Pérola Faria) com Sammu-Ramat (Christine Fernandes).

O novo nobre vai contar que assistiu ao momento de beijos entre os vilões no lago, assim como à chegada da princesa, que mais tarde desabafou com ele sobre o flagra. O filho de Nabucodonosor (Heitor Martinez) ligará os pontos que o chefe da guarda pode ter matado a irmã e vai procurá-lo no palácio.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao chegar no local, o soldado de seu pai vai estar conversando sobre o caso com a amante, querendo saber seu envolvimento com a morte da finada esposa e preocupado que uma possível acusação possa cair sobre ele.

A megera negará que tenha algo a ver com o crime, mas vai lembrar-se do episódio em que matou a rival e beijar o comparsa na sequência. Neste momento, Evil entrará no local gritando ‘assassino’.

O que isso significa?“, vai reagir Nebuzaradã, aproximando-se do filho de seu chefe, que repetirá a acusação contra o ex-cunhado. “Matou minha irmã pra ficar com essa víbora?”, vai questionar o guarda, que rebaterá a condenação do príncipe.

Em seguida, Asher, Daniel (Gabriel Gracindo) e Abednego (Nikolas Antunes) vão chegar ao local e o irmão de Nitócris (Stephany Brito) confessará que o ex-escravo que lhe contou toda a verdade.

Sammu vai se intrometer na conversa. “Acha certo confiar num estranho e afrontar dois servos leais do reino?”, perguntará a sacerdotisa, irritada com a situação. Ela vai se defender logo depois, lembrando que ajudava a princesa e que Kassaia morreu por consequência de um eclipse.

Nebuzaradã reforçará que não houve sequer traição e explodindo de nervoso, Evil vai gargalhar, ironicamente, argumentando que o soldado está fingindo e disparando-lhe um soco na cara, sendo imediatamente retirado do local pelos amigos.

A palavra do soberano…

Na sequência, o chefe da guarda expulsará Asher, que vai avisá-lo de que sua hora irá chegar. “Você vai pagar por todos os seus crimes”, declarará o hebreu, que vai ficar a sós com a cúmplice e culpá-la junto a Asher por tudo que está acontecendo.

Enquanto isso, Evil procurará o pai e vai interromper a conversa do soberano com a Guarda Real, exigindo providências do rei. ‘Nebuzaradã é um assassino”, gritará o príncipe, que vai revelar o caso ao imperador.

Logo depois, Asher começará a detalhar o que viu para Nabucodonosor e o chefe da guarda vai entrar no local desmentindo o rival. Evil aproveitará para contar ao pai sobre o episódio em que Nebuzaradã não ajudou a salvá-lo das garras de uma leoa, fazendo com o que o rei fique impressionado com a seriedade das denúncias.

O soberano vai colocar o funcionário contra a parede e ele negará, sendo defendido por Beroso (Cássio Scapin). O imperador vai concluir que não é a primeira vez que um homem procura por vingança a qualquer preço e sem provas de Asher e a palavra do sacerdote não acreditará no rapaz.

Sinto muito. Já esperava um ataque a meu chefe da guarda assim que o vi. Não vou desacreditar um súdito fiel confiando apenas em sua palavra. Conheço Nebuzaradã desde bem jovem, você não”, vai decidir o imperador.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de O Rico e Lázaro.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio