Êta Mundo Bom!: Relembre a história da substituta de Avenida Brasil

O enredo de Walcyr Carrasco será reexibido

Publicado há 9 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No próximo dia 27, a TV Globo vai estrear a reprise de Êta Mundo Bom! (2016), trama das 18h de Walcyr Carrasco dirigida por Jorge Fernando, no Vale a Pena Ver de Novo. O enredo vai dividir durante uma semana o horário com os últimos capítulos de Avenida Brasil antes de ocupar toda a faixa.

Baseado no livro Cândido, ou o Otimismo, do escritor e filósofo francês Voltaire, o folhetim se passa em 1948 e conta a história de Candinho (Sergio Guizé), rapaz que foi separado da mãe quando era pequeno e que foi amparado por Cunegundes (Elizabeth Savalla) e Quinzinho (Ary Fontoura).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Candinho (Sergio Guizé) de Eta Mundo Bom! (Divulgação – TV Globo)

Ao crescer, o protagonista passa a trabalhar na casa, mas termina sendo expulso por se apaixonar por Filomena (Débora Nascimento). Ao ver a situação, Pancrácio (Marco Nanini), amigo da família que colocou o jovem para fora, diz para ele ir para São Paulo procurar a mãe biológica.

Pancrácio (Marco Nanini) de Eta Mundo Bom! (Reprodução – TV Globo)

Candinho coloca em prática a ideia e leva junto o seu amigo, o burro Policarpo. Anastácia (Eliane Giardini), mãe do rapaz que se tornou uma viúva milionária, também procura pelo herdeiro que não criou.

Anastácia (Eliane Giardini) de Eta Mundo Bom! (Divulgação – TV Globo)

O detetive Jack (David Lucas), a melhor amiga Emma (Maria Zilda Bethlem) e o advogado Araújo (Flávio Tolezani) ajudam a empresária na busca. Sandra (Flávia Alessandra), sobrinha de Anastácia, faz de tudo para impedir o encontro e tentar ser a herdeira da fortuna da parente.

Sandra (Flávia Alessandra) de Eta Mundo Bom! (Reprodução – TV Globo)

Candinho terá muitos problemas pelo caminho, mas também fará uma grande amizade com o pequeno Pirulito (JP Rufino). Além disso, Filomena se envolverá com outro, Ernesto (Eriberto Leão), o que será um empecilho para o amor.

Ernesto (Eriberto Leão) e Filomena (Débora Nascimento) de Eta Mundo Bom! (Divulgação – TV Globo)

Na casa de Cunegundes, vive a Eponina (Rosi Campos), irmã de Quinzinho que passou dos 50 anos sem conseguir se casar. A mulher é apaixonada por Pancrácio. Quincas (Miguel Rômulo) é o filho do meio do casal, Manuela (Dhu Moraes) a empregada que mora no local com a sobrinha, Dita (Jeniffer Nascimento), o faz-tudo Zé dos Porcos (Anderson Di Rizzi) e o veterinário Josias (Flávio Migliaccio). Mafalda (Camila Queiroz), irmã de Quincas, se apaixona por Romeu (Klebber Toledo), vigarista que vive de golpes e acredita que a família possui bens.

Romeu (Klebbler Toledo) e Mavalda (Camila Queiroz de Eta Mundo Bom! (Divulgação – TV Globo)

Outra importante personagem vai cruzar com o caminho de Anastácia. Maria (Bianca Bin), moça que fica grávida do namorado, Leandro (Pedro Brandão), resolve logo agilizar a união antes que a barriga comece a crescer.

Contudo, o rapaz morre num acidente e ela termina mal falada e expulsa de casa. Anastácia, que no passado engravidou quando era nova, fica sensibilizada com a situação e emprega a morena. Celso (Rainer Cadete), irmão de Sandra que também é pilantra, começa a se interessar pela funcionária.

Maria (Bianca Bin) e Celso (Rainer Cadete) de Eta Mundo Bom! (Divulgação – TV Globo)

Ilde (Guilhermina Guinle), amiga de Sandra que é casada com Araújo, finge na frente do esposo que é boazinha, mas pelas costas maltrata o enteado, Claudio (Xande Valois), que usa uma cadeira de rodas por ser deficiente físico.

Ilde (Guilhermina Guinle) e Claudio (Xande Valois) de Eta Mundo Bom! (Divulgação – TV Globo)

Em São Paulo, Filomena vai trabalhar no cabaré de Paulina (Suely Franco), o que desagrada Diana (Priscila Fantin), que faz sucesso no local. A espevitada Clarice (Marianna Armellini) se torna amiga da ex de Candinho.

Diana (Priscila Fantin) de Eta Mundo Bom! (Divulgação – TV Globo)

Êta Mundo Bom! é escrita por Walcyr Carrasco e Maria Elisa Berredo. Direção-geral de Jorge Fernando e direção de Ana Paula Guimarães, Marcelo Zambelli e Diego Morais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio