Estudantes de Salvador se inspiram em Amor de Mãe para tentar salvar escola de demolição

Publicado há 9 meses
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Inspirados nas cenas de ocupação de uma escola fictícia, que foram o principal destaque dos últimos 10 dias da novela Amor de Mãe, da Globo, estudantes e funcionários do Colégio Estadual Odorico Tavares, de Salvador (BA), tentaram salvar sua escola da demolição, assim como no folhetim das 21h da emissora carioca. Cerca de 40 pessoas ocuparam a instituição, que fica no Corredor da Vitória, o metro quadrado mais caro para se viver na Bahia. Mas o final foi diferente da ficção.

Na trama de Manuela Dias, alunos organizados pela professora Camila (Jéssica Ellen) ocuparam o Colégio Estadual Luís Gama, no Rio de Janeiro, para impedir que ela seja demolida. Na novela, Camila consegue documentos que provam a influência de Álvaro (Irandhir Santos) em querer aumentar sua fábrica e acabar com a escola. No fim das contas, ela consegue salvar o seu colégio e a ocupação consegue seu objetivo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No Colégio Estadual Odorico Tavares, a história começou igual, mas terminou diferente. O ato começou na última terça-feira (21) por volta das 15h e terminou no início da manhã desta quarta (22), com os estudantes desocupando o colégio pacificamente após mais de 10 horas de negociações com a Secretária de Educação da Bahia e da Polícia Militar do Estado.

Mas o fechamento do Odorico Tavares será mantido. Segundo o Governador da Bahia, Rui Costa (PT), a escola será demolida e o terreno irá para leilão. A Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) aprovou a tramitação do projeto para venda do prédio onde fica o Odorico Tavares, em regime de urgência. Mas a votação ainda não aconteceu.

“Nos animamos mais após ver Amor de Mãe”, diz estudante que ocupou colégio em Salvador

Alunos do Colégio Estadual Odorico Tavares ocupando escola para impedir sua demolição (Foto: Tiago Ramos/UEES)

Em tempos que se discute se ainda existe influência das novelas na vida do brasileiro, os próprios estudantes confirmam que se inspiraram na trama de Manuela Dias para realizarem o ato de ocupação. O Observatório da Televisão conversou com Tiago Ramos, Representante da União Estadual dos Estudantes (UEES), e estudante do Colégio, que confirmou o fato.

“Já é normal dos movimentos estudantis ocupar uma escola nesses casos extremos. Porém, depois da novela, a galera se animou mais e criou coragem para ocupar o Odorico Tavares. Antes, estavam com muito medo, pois nós sabemos como a Polícia Militar da Bahia trata estudantes que ocupam colégios”, afirmou o representante estudantil.

O Observatório da Televisão tentou falar com atores da novela Amor de Mãe, principalmente a atriz Jéssica Ellen, interprete de Camila, mas não conseguimos contato. No entanto, a reportagem apurou que os atores, produtores e até a autora Manuela Dias, souberam da ocupação e da inspiração que os alunos tiveram em sua obra e ficaram bastante orgulhosos da influência.

Camila (Jéssica Ellen) e Danilo (Chay Suede) pendurando uma faixa durante ocupação de escola na novela Amor de Mãe (Reprodução)

Amor de Mãe ainda tem muita história pela frente. A novela entrou no ar em novembro e deve ficar no ar até o mês de maio. Seus índices de audiência estão pouco acima dos 30 pontos de Ibope na Grande São Paulo. Em Salvador, a trama marca média de 27 pontos de audiência para a Globo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais