Estrela da CNN Brasil, Gabriela Prioli lança seu canal na web

Advogada ganhou notoriedade no quadro O Grande Debate

Publicado há 9 meses
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desconhecida do grande público até 16 de março de 2020, Gabriela Prioli experimenta uma alçada à fama meteórica. A advogada e professora universitária chamou a atenção do país ao aparecer no quadro O Grande Debate, do programa Novo Dia, da CNN Brasil.

Como comentarista, sua função era debater temas de interesse público com o bacharel em Direito Caio Coppolla, com mediação do apresentador Reinaldo Gottino. Após um estresse com Gottino, que admitiu se exceder na sua função, a advogada pediu para sair da atração.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Foi neste momento que Gabriela Prioli experimentou ainda mais sucesso, já que houve um lamento geral na internet. A quantidade de seguidores e a repercussão do caso foram maiores do que qualquer outro fato relacionado à CNN Brasil.

Reinaldo Gottino e Gabriela Prioli (Reprodução/CNN Brasil)

Com isso, a emissora percebeu que tinha ali um grande nome para o seu elenco e que não poderia perdê-lo. O canal da Avenida Paulista negociou com a mulher, que saiu, de fato, de O Grande Debate, e passou a desenvolver uma atração – ainda não lançada – para o Expresso CNN, no horário nobre.

Agora surge a notícia de que Gabriela lança seu canal no Youtube, tornando-o mais profissional, com a expertise da Play 9, que produz canais como os de Giovanna Ewbank e Otaviano Costa, por exemplo.

“Foi muito também por aquele episódio de ela quase sair da CNN. Percebemos ali que o canal dela tinha sido aberto já, mas era pequeno, feito de uma maneira muito amadora, mas tinha um potencial enorme”, diz João Pedro Paes Leme, sócio da Play 9, com Felipe Netto.

“Nunca tinha parado para me imaginar como youtuber, porque nunca parei para me imaginar como algo específico. A minha ideia sempre foi atingir o maior número de pessoas possível comunicando o que eu acho que deve ser dito e da forma que eu acho que deve ser travada a comunicação”, afirmou Gabriela Prioli ao Estadão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio