Esposa de Sérgio Moro fala sobre ter votado em Bolsonaro: “Era o que tinha”

A esposa do ex-ministro da Justiça disse que não conseguiria votar no PT em 2018

Publicado há 2 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na madrugada desta terça-feira (24), a TV Globo levará ao ar a edição do Conversa com Bial que tem a presença de Rosângela Wolff Moro, esposa do ex-ministro da Justiça e ex-juiz Sérgio Moro. O casal está junto há mais de 20 anos.

A advogada, que é especialista em direito tributário, está lançando um livro de memórias chamado Os Dias Mais Intensos: Uma História Pessoal de Sergio Moro. Na obra, a profissional fala como a Operação Lava Jato afetou a vida familiar do juiz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante o bate-papo com Pedro Bial, Rosângela se pronunciou sobre ter votado no presidente Jair Bolsonaro na eleição que aconteceu em 2018. “Era o que tinha pra hoje. Preferi acreditar que ia ter jeito, que dessa vez vai”, declarou o profissional.

Wolff enfatizou que não conseguiria apoiar o PT naquele ano, mesmo tendo votado no Lula em 2012. “Por ser a atual gestão, com a máquina na mão, a corrupção sistêmica, mostrou-se que o PT tinha vínculo com essa corrupção”, analisou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio