Esporte da Globo celebra os 80 anos do Rei Pelé

TV Globo, SporTV e GE trazem especiais sobre o atleta

Publicado há 13 dias
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, completa 80 anos no próximo dia 23 de outubro. Para celebrar o aniversário de um dos maiores atletas de todos os tempos, Globo e SporTV apresentam uma programação especial em homenagem ao “Rei do Futebol”.

O ano é 1940. Por causa da Segunda Guerra Mundial, os principais eventos esportivos do mundo foram cancelados. Por uma década, não houve Copa do Mundo ou Jogos Olímpicos. No entanto, em Três Corações, cidade no Sul de Minas Gerais, um acontecimento mudou para sempre a história do esporte mundial. Em 23 de outubro nascia Edson Arantes do Nascimento, o Atleta do Século XX, o Rei do Futebol.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Esporte Espetacular deste domingo (18), mostra um Pelé à parte do futebol. Além de artista da bola, ele foi cantor – chegou a gravar com Elis Regina e Roberto Carlos –, e ator, com participação em 18 filmes. João Marcelo Bôscoli e Maria Rita, filhos de Elis, e o humorista Renato Aragão gravaram depoimentos sobre essa faceta de Pelé.

O repórter André Gallindo também entrevista Carlos Villagran, ator mexicano que deu vida ao personagem Quico, no seriado Chaves, a partir de 1971. Um ano antes, ele esteve em Guadalajara acompanhando a trajetória do Tri da seleção na Copa, como funcionário de um jornal do país. Experiência tão marcante que o levou a batizar o filho com o nome de Edson Carlos Arantes Villagran do Nascimento Salinas Pelé Alias Peteca.

O discurso do Rei na despedida dos gramados inspirou também Caetano Veloso a compor “Love, Love, Love”, música que ele interpreta na matéria. “Vi o Pelé falando na despedida e terminei fazendo uma música sobre o Brasil. Aquilo é uma marca da nossa história muito interessante, porque Pelé é uma afirmação concreta da vitalidade brasileira”, diz Caetano.

O Bem, Amigos! que vai ao ar segunda-feira (19), no SporTV, tem matérias sobre as conquistas de Pelé em Copas do Mundo com a seleção brasileira: o surgimento em 1958; a consolidação em 1962; e a despedida em 1970.

Já o programa Tino Marcos Uchôa desta terça-feira (20), às 19h, no GE, apresenta reportagens históricas dos apresentadores com o Rei, e depoimentos de ex-jogadores da mesma geração de Pelé. Na quarta-feira (21), o GE publica dois infográficos especiais. Um sobre a comemoração mais emblemática da história do futebol, o soco no ar, mostrando como se transformou na assinatura de Pelé. O outro traz jogadas recentes que já haviam sido executadas pelo craques entre as décadas de 1950 e 1970.

Na véspera do aniversário, quinta-feira (22), o Globo Esporte exibe a primeira de duas matérias com depoimentos de adversários históricos, como os que ficaram imortalizados na Copa de 1970 pelos gols que o jogador não fez; e aqueles que conseguiram a difícil missão de vencer o time do Rei, como o goleiro Emerson Leão.

Na sexta-feira (23), o programa exibe mensagens de personalidades do esporte brasileiro dando os parabéns a Pelé. Também no dia do aniversário, o Redação SporTV traz uma edição especial com a participação de jornalistas que tiveram suas carreiras ligadas à trajetória do camisa 10.

Por coincidência do destino, o podcast Hoje Sim chega à 80ª edição justamente no dia do aniversário de Pelé. O apresentador Cleber Machado faz uma homenagem aos feitos do Rei.

Com quatro letras, o apelido Pelé rodou o mundo. Rompeu as barreiras dos idiomas e uniu povos. Até os rivais se renderam ao jogador que conquistou tudo o que disputou. O único na história a marcar mais de 1.200 gols. O único a ser tricampeão de Copas como atleta. O jogador que fez da camisa 10 a mais emblemática do esporte. Muitos tiveram a honra de carregar este número às costas, nos mais diversos clubes e seleções. Mas todos, sem exceção, são súditos de Edson Arantes do Nascimento, o eterno Rei Pelé.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais